Felipão recusa convite para assumir a seleção do Paraguai | OneFootball

Felipão recusa convite para assumir a seleção do Paraguai

Logo: Jogada10

Jogada10

Uma semana depois de ser demitido do Grêmio, o técnico Luiz Felipe Scolari recusou um convite da Associação de Futebol do Paraguai (AFP) para assumir a seleção local após a demissão do argentino Eduardo Berizzo, que não resistiu à derrota de 4 a 0 para a Bolívia, pelas Eliminatórias.

Luiz Felipe Scolari foi demitido do Grêmio por causa da sequência de maus resultados – Alexandre Schneider/Getty Images

De acordo com informações da Rádio Monumental, de Assunção, Felipão recebeu uma proposta para assumir imediatamente a equipe, que está em oitavo lugar nas Eliminatórias para a Copa de 2022, com 12 pontos, a seis rodadas para o fim. Em caso de classificação para o Mundial do Qatar, o brasileiro teria seu contrato renovado automaticamente por mais quatro anos.

Felipão recusou o convite alegando que não pretende pegar uma seleção neste momento e que estaria disposto a descansar depois de sua curta passagem no comando do Grêmio, onde ficou um pouco mais de dois meses e teve um desempenho regular, com nove vitórias, nove derrotas e três empates.

De acordo com informações da imprensa paraguaia, os dirigentes agora concentram seus esforços em dois nomes: Hernán Rodrigo López, do Nacional-PAR, e Fernando Jubero, do Guaraní. O argentino Gustavo Costas, que está sem clube, corre por fora.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo