Felipão comemora indicação a prêmio e defende técnicos sul-americanos

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Imagem do artigo: Felipão comemora indicação a prêmio e defende técnicos sul-americanos

Na segunda-feira, o técnico Luiz Felipe Scolari, do Cruzeiro, foi indicado ao prêmio de melhor treinador do século XXI pela Globe Soccer Awards. Nesta terça-feira, o comandante da Raposa agradeceu o reconhecimento.

“Estou muito feliz e lisonjeado com essa escolha, sendo um treinador sul-americano nessa categoria. Só de estar entre os dez melhores deste século já era algo que não esperava. Estar entre aquelas pessoas com as quais eu convivi por muito tempo, pela amizade que tenho, é uma honraria”, disse Felipão ao site do Cruzeiro.

“Fico muito agradecido aos jogadores que me ajudaram, a todos que participaram de minha vida esportiva. Ser lembrado nesse momento diferente, em que estou no Cruzeiro novamente, tentando uma situação nov para o time, é algo que marca e marca de uma forma muito bonita”, completou.

O principal feito de Felipão no atual século foi a conquista da Copa do Mundo de 2002 pela Seleção Brasileira. Já com a seleção de Portugal, o técnico foi vice-campeão da Eurocopa de 2004 e semifinalista da Copa do Mundo de 2006. O treinador ainda venceu a Copa das Confederações em 2013, pelo Brasil, a Copa do Brasil de 2012 e o Campeonato Brasileiro de 2018, pelo Palmeiras.

Na cerimônia do dia 27 de dezembro, que ocorrerá em Dubai, Felipão concorrerá com Pep Guardiola, Carlo Ancelotti, Didier Deschamps, Alex Ferguson, Zinedine Zidane, Vicente del Bosque, Marcello Lippi, Joachim Low e José Mourinho, sendo o único treinador nascido fora de europa. O técnico ressaltou a força dos técnicos sul-americanos.

“Nós, sul-americanos, também temos muita qualidade e podemos trabalhar em qualquer lugar do mundo por nossa forma de ver o futebol, por estar dentro do futebol e vivenciar isso de uma forma correta, ímpar, bonita. Espero estar entre os mais votados e, com isso, o cruzeirense sabe que estará representado, assim como todos os outros times que trabalhei”, concluiu.