Fábio Santos iguala número de jogos de Sylvinho como jogador no Corinthians | OneFootball

Fábio Santos iguala número de jogos de Sylvinho como jogador no Corinthians

Logo: Central do Timão

Central do Timão

  1. Por Kennedy Cardoso / Redação Central do Timão

Na vitória por 1×0 sobre o Fluminense, na última quarta-feira (13), o lateral-esquerdo Fábio Santos chegou a 269 jogos pelo Corinthians e igualou o números de partidas de um outro grande lateral-esquerdo da história do clube: Sylvinho, atual técnico do time.

Cria do Terrão, o treinador atou pelo Timão entre os anos de 1993 e 1999, e conquistou cinco títulos: três Campeonatos Paulistas (1995, 1997 e 1999), uma Copa do Brasil (1995) e um Campeonato Brasileiro (1998). Logo após o último estadual, foi negociado com o Arsenal, da Inglaterra.

Revelado pelo São Paulo, Fábio Santos também possui um histórico de grandes troféus pelo clube, todos em sua primeira passagem, entre 2011 e 2015. No total, foram seis taças: um Campeonato Paulista (2013), dois Campeonatos Brasileiros (2011 e 2015), uma Copa Libertadores e um Mundial de Clubes (ambos em 2012) e uma Recopa Sul-Americana (2013). Durante o Brasileirão de 2015, deixou o Parque São Jorge e se transferiu ao Cruz Azul, do México.

Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians.

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (15), Sylvinho rasgou elogios a Fábio Santos e disse que o jogador de 36 anos “merece respeito” por tudo que conquistou no clube.

É um prazer trabalhar com ele, tem histórico invejável, títulos expressivos. Tem entendimento de futebol grande, uma entrega, identificação. Fico feliz de estar com ele. (…) Fábio é completo. Fico feliz que ele jogando na segunda-feira é tendência de superação de 269 jogos, que fiz pelo clube. Felicíssimo. Merece fazer muito mais jogos e ter respeito do torcedor“, disse o treinador.

Em entrevista ao portal “Globo Esporte” em junho deste ano, Fábio Santos também elogiou a carreira de Sylvinho e o colocou como um dos principais laterais da história centenária do Corinthians.

Sylvinho foi um baita lateral, sofreu muito menos que eu, fez a carreira na Europa, pegou só coisa boa. Eu peguei várias subidas, ele um monte de descida, ganhou mais dinheiro que eu. Ele foi brilhante na Europa e no Corinthians é um cara muito respeitado, está entre os principais laterais do clube, disse o lateral-esquerdo há quatro meses.

Veja mais:

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo