Fabiano de Abreu: “Médico referência explica sobre as lesões no Flamengo e indica soluções” | OneFootball

Fabiano de Abreu: “Médico referência explica sobre as lesões no Flamengo e indica soluções”

Logo: Coluna do Fla

Coluna do Fla

Converso com Dr. Luiz Felipe Carvalho, ortopedista referência, que curou grandes atletas, sobre o excesso de lesões nos jogadores do Flamengo

Os recentes desfalques no time do Flamengo não surgiram como uma surpresa.  Já havia percebido uma maior vulnerabilidade por parte da equipe liderada pelo técnico Renato Gaúcho. Ao traçar uma comparação com a equipe treinada por Jorge Jesus, pode-se dizer que a equipe treinada pelo português era mais eficiente do ponto de vista físico. Os jogadores jogavam em ritmos tão frenéticos quanto agora, mas há grandes diferenças a pontuar. Nos últimos três meses, o Fla teve mais de 20 desfalques por problemas físicos, entre jogadores como Bruno Henrique, Filipe Luís e Arrascaeta.

Analisando a equipe atualmente, consigo perceber que muitos jogadores aparentam estar “fora de órbita”. É necessário que os atletas e o treinador tenham um foco atencional. Afinal, para que consiga ter o melhor planejamento e a melhor estratégia para vencer o adversário, é preciso que você consiga que todo o seu corpo físico trabalhe de forma eficiente. Além disso, de acordo com o Dr. Felipe Carvalho, especialista em medicina regenerativa com vasta experiência em tratamento de lesões desportivas, é justamente nesses momentos de “perda de atenção” que a maior parte das lesões acontecem. Vale destacar que Dr. Felipe foi responsável por recuperar grandes atletas, como o tenista uruguaio Pablo Cuevas e os futebolistas Rodrigo Dourado e Ferreirinha.

O médico, que é referência no assunto, acredita que uma equipe que esteja passando por muitas lesões em diferentes atletas, como é o caso do Flamengo, deveria avaliar a possibilidade de haver um excesso de treinamento. Pois, treinar demais estressa não só os músculos, como também tendões, ligamentos, cartilagens e a saúde mental dos jogadores.

Atualmente, a tecnologia ajuda a identificar o nível de estresse muscular dos atletas, possibilitando assim antecipar lesões e prevenir que os desfalques aconteçam. Porém, também é importante que os atletas sejam honestos com o departamento médico, porque se uma lesão for identificada no início, ela se torna mais facilmente tratável.

Para o Dr. Felipe Carvalho, as lesões desportivas se dividem em dois grupos: as traumáticas, que como o próprio nome já diz, não são possíveis de prever e as por continuidade, causadas por excesso de uso muscular. Por isso, nesse momento é essencial que toda a equipe do Flamengo reavalie a rotina do time, para que desfalques em massa, como os que aconteceram, não voltem a ocorrer.


Sobre os autores

Fabiano de Abreu é PhD, neurocientista, mestre psicanalista, biólogo, historiador, antropólogo, com formações também em neuropsicologia, psicologia, neurolinguística, neuroplasticidade, inteligência artificial, neurociência aplicada à aprendizagem, filosofia, jornalismo e formação profissional em nutrição clínica – Diretor do Centro de Pesquisas e Análises Heráclito; Chefe do Departamento de Ciências e Tecnologia da Logos University International, UniLogos; Membro da Federação Européia de Neurociências e da Sociedade Brasileira e Portuguesa de Neurociências. Universidades em destaque: Logos University International, UniLogos, Nova de Lisboa, Faveni, edX Harvard, Universidad de Madrid.

Dr. Luiz Felipe Carvalho é ortopedista especialista em coluna vertebral e medicina regenerativa. Gaúcho, possui um profundo conhecimento sobre os modernos procedimentos Cirúrgicos da Coluna Vertebral, trabalhando também com Técnicas Minimamente Invasivas.Seu método de trabalho está fundamentado na busca constante do conhecimento e da especialização, o que explica o sucesso no resultado dos seus tratamentos. Participa ativamente dos principais encontros, cursos, simpósios e Congressos Nacionais e Internacionais sobre Cirurgia da Coluna Vertebral.

Atualmente exerce a função de Médico Ortopedista e Traumatologista na área de Cirurgia da Coluna Vertebral na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, Hospital Moinhos de Vento, Hospital Divina Providência, Ortopedia Carvalho Moinhos de Vento, Pronto Socorro Cruz Azul, Hospital Mãe de Deus (HMD). Atua na área de Ortopedia e Traumatologia e Medicina Intervencionista da dor guiado por ultrassonografia musculoesquelética direcionada para Tratamento da Dor. É diplomado pela Academia Americana de Medicina Regenerativa (AABRM), e grupo Latino Americano ORTHOREGEN. Especialista/ Residência Médica em Ortopedia e Traumatologia, realizada no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre/RS (Serviço reconhecido pelo MEC e SBOT). Especialista em Dores Articulares. Pós Graduado em Cirurgia da Coluna Vertebral (SBC) pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. – “Fellow” em Cirurgia da Coluna Vertebral na AO SPINE – Curitiba/PR/Brasil. Especialista em Medicina da Dor e Medicina Regenerativa. Diplomado pela Academia Americana de Medicina Regenerativa (AABRM). Possui Graduação em Medicina pela Universidade Católica de Pelotas (2001). Cursando doutorado em neurociências na Logos University International.

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo