Ex-Fla aponta motivo pelo qual elenco de 2019 teve sucesso no clube

Logo: Coluna do Fla

Coluna do Fla

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fcolunadofla.com%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F01%2Fflamengo-x-river-plate-final-libertadores-2019-jogadores.jpg&q=25&w=1080

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

Ao longo dos últimos anos, o Flamengo passou por grande reestruturação financeira. Depois de muito tempo de crise, o Mais Querido passou por períodos de complicação, com equipes mais fracas, a fim de colher os frutos no futuro. Curiosamente, 2021 está sendo mais um ano de boas rendas, apesar dos problemas com a pandemia. No entanto, o grande momento do Mengo foi, certamente, em 2019.

No ‘ano mágico’, o Mais Querido contratou diversos atletas, mas nem todos tiveram o rendimento imediato. Sobre isso, o atacante Lopes, que atuou no clube em 2003, comentou sobre essa paciência do clube com seus jogadores. Assim, ele afirmou à ESPN que, em sua época de Flamengo, essas peças não teriam oportunidades, já que o Mais Querido não dava tempo de adaptação, visto que o Rubro-Negro precisava de resultados imediatos.

Você viu que Arrascaeta e Everton Ribeiro para se enquadrar no Flamengo, tiveram muita dificuldade. Depois de um tempo para frente que eles foram se adaptando ao estilo Flamengo. Não foi sempre esse mar de rosas que a gente vê hoje né? Na minha época seria o mesmo, já que eu tive, o Alex teve, o Denilson teve, enfim. A gente só não teve tempo, se tivesse, poderia ter dado a volta por cima – disse.



De olho no futuro do clube, o Mais Querido estreia na competição mais importante da América nesta semana. Assim, pela Copa Libertadores, o Flamengo enfrenta o Vélez Sarsfield na terça-feira (20), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio José Almafitani. A partida contará com transmissão do Coluna do Fla, a mais rubro-negra da internet, no YouTube.