Ex-atacante do Internacional está perto de feito histórico em Portugal | OneFootball

Ex-atacante do Internacional está perto de feito histórico em Portugal

Logo: Futebol Latino

Futebol Latino

Atuando pela segunda temporada consecutiva pelo Vizela (Portugal), o atacante brasileiro Cassiano está próximo de uma marca histórica para o clube quando o assunto são gols marcados pelo mesmo atleta em uma edição da elite do Campeonato Português.

Atualmente, o centroavante que tem passagens no Brasil por equipes como Fortaleza, Internacional e Paysandu tem seis gols marcados, somente dois a menos do que o recordista até então pelo Vizela, Pipa, em feito obtido na temporada 1984/1985.

Ciente da relevância pessoal e coletiva de quebrar essa marca, Cassiano não tem dúvidas de que feitos como esse servem para aumentar ainda mais o seu grau de dedicação e motivação para fazer boas partidas pela equipe lusitana:

“Claro que isso motiva, porque todos os jogadores querem deixar uma marca nos clubes por onde passam. Se eu puder deixar o meu nome na história do Vizela será gratificante. Vou trabalhar para ajudar o Vizela e, se conseguir esses prémios individuais, melhor ainda. Nós, claro, também trabalhamos para isso, para melhorar números e resultados. Faz parte. Vamos torcer para que isso aconteça.”

Outro ponto abordado pelo atleta de 32 anos de idade foi a campanha até aqui dos vizelenses na primeira divisão, se sustentando fora da zona de rebaixamento em 14° lugar com 26 pontos conquistados, quatro a mais do que o 16°, Tondela, que disputaria o playoff do rebaixamento caso a competição encerrasse hoje.

“Desde a II Liga que temos um grupo muito dedicado, fizemos uma II Liga muito competente, em que ficamos muitos jogos sem perder. Isso dá uma confiança maior. A I Liga é um campeonato mais difícil, mas, com a qualidade que tínhamos, mais os jogadores que chegaram, estamos conseguindo, aos pouquinhos, alcançar o nosso objetivo. Sabemos que não é fácil, mas estamos trabalhando para isso. Temos um plantel de qualidade, há muitos jogadores para evoluir e isso nos ajuda a conquistar pontos. Nós temos muitos empates, mas também ajuda”, detalhou.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo