Especulado no Flamengo, Carlos Carvalhal abre o jogo sobre seu futuro | OneFootball

Especulado no Flamengo, Carlos Carvalhal abre o jogo sobre seu futuro

Logo: Mundo Rubro Negro

Mundo Rubro Negro

A procura de um grande próximo para a próxima temporada, o Flamengo tem o nome de Carlos Carvalhal como um possível alvo para assumir o comando do time. O técnico português já foi o nome escolhido pelo Rubro-Negro após a saída de Jorge Jesus, mas o acerto não ocorreu por questões familiares do comandante.

Agora, com 55 anos, Carvalhal é treinador do Braga e teve novamente seu nome ventilado para assumir a equipe carioca. O português nunca escondeu a vontade de treinar o Flamengo. E nesse sábado (04), o técnico voltou a falar sobre a possibilidade de assumir o Rubro-Negro.

Carlos Carvalhal disse se sentir orgulhoso de ser cogitado a treinar o Flamengo, a que se referiu como “um dos maiores clubes do mundo”, e não descartou a hipótese:

“Com frequência há abordagens e digo sempre que tenho contrato e que têm que falar com o senhor António Salvador, tem acontecido recorrentemente e é essa a minha posição. Se gostamos de ver o nosso nome associado a um dos maiores clubes do mundo como o Flamengo? É óbvio que não fico indiferente, é um enorme orgulho, mas estou sempre nas mãos do meu presidente António Salvador”, disse o lusitano.

Obstáculos entre Carvalhal e Flamengo

Embora Carlos Carvalhal tenha interesse, há alguns obstáculos para o português assumir o Flamengo. O primeiro é o fantasma conterrâneo do treinador que assombra os últimos técnicos rubro negros: Jorge Jesus. Em apuração do MRN, o foco da diretoria é repatriar o Mister para a temporada de 2022.

Outra barreira de Carvalhal a ser surperada seria a financeira. O treinador tem contrato com o SC Braga até junho de 2022. Além disso, a multa recisória para tirá-lo da equipe portuguesa é de 10 milhões de euros (R$64 milhões), segundo o jornal Record.

No entanto, há a percepção de que uma negociação com o clube português para diminuir o valor é possível. Assim, Carlos Carvalhal poderia desembarcar em solos cariocas com uma compensação financeira abaixo dos 10 milhões de euros.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo