Entenda como o elenco do Grêmio está lidando com a turbulência da arbitragem

Logo: Gremistas.net

Gremistas.net

Imagem do artigo: Entenda como o elenco do Grêmio está lidando com a turbulência da arbitragem

O empate 0x0 diante do São Paulo no último sábado transbordou o copo do elenco do Grêmio em relação à arbitragem, fazendo com que, neste momento, a paciência chegue ao seu limite. Da mesma maneira que a direção, os jogadores gremistas também estão se sentindo prejudicados e insatisfeitos com o tratamento ao clube.

Publicamente, os jogadores deixam o assunto com a diretoria, mas admitem a frustração especialmente pelos jogos recentes contra Santos e São Paulo.

“A arbitragem teve uma noite infeliz, mas isso a gente deixa para a diretoria. Nós jogadores temos que jogar bola. Todos viram o que aconteceu. A diretoria está fazendo de tudo para ajudar neste quesito da arbitragem”, declarou o lateral-esquerdo Diogo Barbosa em coletiva virtual nesta terça.

Pepê, após o fatídico jogo diante do São Paulo, também fez as suas queixas:

“A gente jogou bem, conseguimos fazer nosso estilo e jogo, mas faltou acertar a finalização. Ficamos triste pela atuação da arbitragem, o VAR que eles não usam nem para olhar. Já é o terceiro jogo seguido contra nós que não vão nem olhar. E contra nós vão no VAR sempre. Temos que levantar a cabeça, vamos trabalhar”, disparou Pepê na ocasião.

A insatisfação está também nos gabinetes. Isso porque uma reunião envolvendo São Paulo e CBF, dias antes da última rodada, terminou com uma troca na escala da arbitragem de sábado sem o consentimento do Grêmio. Rodolpho Toski, que apitou Fortaleza x São Paulo pela Copa do Brasil e desagradou os paulistas, foi tirado do vídeo para a entrada de Elmo Resende Cunha.

No STJD, o Grêmio luta para anular a partida contra o São Paulo.