Domingos cita diferenciais do time do Grêmio na Batalha dos Aflitos em 2005 | OneFootball

Icon: Portal do Gremista

Portal do Gremista

·26 de setembro de 2022

Domingos cita diferenciais do time do Grêmio na Batalha dos Aflitos em 2005

Imagem do artigo:Domingos cita diferenciais do time do Grêmio na Batalha dos Aflitos em 2005

O zagueiro Domingos foi um dos personagens marcantes da Batalha dos Aflitos pelo Grêmio em 2005. O defensor, com então 19 anos, era um dos titulares do técnico Mano Menezes e foi um dos expulsos na partida decisiva em Recife. Em entrevista recente à Rádio Guaíba, ele relembrou sobre os diferenciais daquele elenco.

Segundo o ex-zagueiro, que passou por diversos clubes do futebol brasileiro após a passagem marcante pelo Grêmio, Lucas Leiva e o autor do gol gremista, Anderson, eram as armas da equipe gaúcha.

“O Lucas Leiva sempre foi um grande jogador, na época ele ficava no banco. Ele e o Anderson eram nossos diferenciais”, disse o ex-zagueiro.

Domingos foi um dos expulsos do Tricolor na Batalha dos Aflitos

No final de 2005, a Série B do Campeonato Brasileiro chegava ao fim e a última rodada seria definida. Duas partidas aconteceram simultaneamente, Santa Cruz x Portuguesa no Arruda, e Náutico x Grêmio nos Aflitos. A Portuguesa não tinha chances, o Santa já estava classificado. O Tricolor precisava de no mínimo um empate para subir para a Série A, mas encontrou um ambiente hostil no Estádio dos Aflitos.

O Náutico precisava vencer a partida para subir de divisão. A partida foi tensa desde o início, estádio lotado, pressão sobre o Tricolor. A equipe pernambucana perdeu um pênalti ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, o árbitro marcou pênalti para o Timbu e acabou expulsando quatro jogadores do Tricolor por reclamação. O Imortal ficou com sete jogadores em campo.

O jogo ficou parado por muito tempo e a comissão técnica do time gaúcho ameaçou até mesmo abandonar o gramado. Quando tudo parecia estar perdido, o goleiro Galatto defendeu o pênalti, saiu jogando rápido e o atacante Anderson foi acionado no ataque, marcando o gol dos gremistas, o gol do título da Série B de 2005, com apenas sete jogadores em campo.

Saiba mais sobre o veículo