Diego Alves lamenta derrota ‘no detalhe’ e isenta companheiro de culpa: ‘A tristeza é grande’ | OneFootball

Diego Alves lamenta derrota ‘no detalhe’ e isenta companheiro de culpa: ‘A tristeza é grande’

Logo: Jogada10

Jogada10

O Flamengo lutou contra o ferrolho palmeirense, arrancou o empate e levou a decisão para a prorrogação, mas não foi o suficiente para sair de Montevidéu com o tricampeonato da Libertadores. No tempo extra, a falha de Andreas Pereira na saída de bola foi decisiva para o triunfo do Palmeiras e custou caro ao Rubro-Negro.

Diego Alves lamentou a derrota na prorrogação na decisão da Libertadores – Buda Mendes/Getty Images

O Flamengo levou um duro golpe logo nos primeiros cinco minutos da partida, quando Raphael Veiga abriu o placar no Estádio Centenário. No restante da partida, o Rubro-Negro tentou furar a retranca alviverde e conseguiu somente no segundo tempo, dos pés de Gabigol. A final foi para a prorrogação, mas a falha de Andreas Pereira foi decisiva. O goleiro Diego Alves isentou o companheiro.

“São detalhes, né? Perder desse jeito dói bastante. Foi um grande jogo. Quase não demos chances ao Palmeiras. Não era o dia. Não era para ser. A tristeza é grande. Não tem que ter culpado. Foi difícil. Vamos nos levantar porque ano que vem tem mais”, disse o camisa 1.

A delegação do Flamengo retorna ao Rio de Janeiro nesta madrugada. O Rubro-Negro tem pouco tempo para se recuperar da derrota para o Palmeiras e já volta a campo na próxima terça-feira, às 20h, contra o Ceará, no Maracanã, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Saiba mais sobre o veículo