Deyverson: O herói improvável | OneFootball

Deyverson: O herói improvável

Logo: Palmeiras Online

Palmeiras Online

Aos 5′ do 1° Tempo da prorrogação, Andreas Pereira vacila, Deyverson rouba, ajeita o corpo e desloca Diego Alves. O gol do título, a comemoração, o choro do atacante e a declaração de amor de palmeirenses de todo o mundo.

Só o torcedor mais experiente, que sabe como o futebol é mágico e surpreendente, poderia ao menos imaginar que o gol tricampeonato da América sairia de pés tão improváveis.

Deyverson, o atacante carismático que chegou do futebol espanhol em 2017 com a fama de fazer gols em grandes clubes, como Barcelona e Real Madrid. Mesmo contestado, o atual camisa 9 teve papel importante no decacampeonato em 2018.

Em seguida, foi emprestado e retornou esta temporada e, para surpresa de muitos, chegou fazendo gols e tendo certa sequência na titularidade com a ausência de Luiz Adriano. Porém, assim como o torcedor, Abel não considerou Deyverson o atacante ideal para a equipe titular a com o tempo, virou opção no banco de reservas. Porém, é inegável que o “menino maluquinho” se tornou um torcedor no gramado.

Mas nada, nada, que Deyverson fez com a camisa do Palmeiras foi tão grandioso e tão palmeirense quanto o gol do título, sendo, para todos os efeitos, o melhor em campo na final. Abel apostou na estrela dele, entretanto não foi somente superstição, a entrada dele foi embasada na pressão, para ter sangue novo contra jogadores exaustos do Flamengo, já que, sua entrega é indiscutível.

Por fim, para quem gosta das coincidências do futebol, Deyverson havia marcado o gol do título do brasileiro em 2018 e também havia marcado os gols da última vitória do Palmeiras sobre os rubro-negros em 2017. Claro que, o que para muitos foi surpresa, Marcos já sabia:

“Às vezes um zagueiro que faz gol de cabeça… O Luan, que a torcida pega bastante no pé, o Deyverson… Se o Deyvinho fizer um gol, ele derruba o estádio… O Luiz Adriano, que não está com um relacionamento bom com a torcida, às vezes o cara entra e resolve, vira herói e tudo de ruim fica no passado” – Marcos, ao Globoesporte.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo