Depois de W.O contra a Juve, Napoli responde amassando a líder Atalanta e constrói goleada ainda no primeiro tempo

Logo: Trivela

Trivela

Imagem do artigo: Depois de W.O contra a Juve, Napoli responde amassando a líder Atalanta e constrói goleada ainda no primeiro tempo

Seguindo recomendações da Autoridade de Saúde Local (ASL), o Napoli não viajou para enfrentar a Juventus na rodada passada da Serie A depois de dois testes positivos de Covid-19 no elenco e acabou punido com derrota por 3 a 0 e perda de um ponto. Com sangue nos olhos depois do episódio, a equipe de Gennaro Gattuso respondeu em grande estilo: com quatro gols antes mesmo do intervalo, goleou a líder Atalanta por 4 a 1, em boa atuação de Hirving Lozano.

Sem Insigne, lesionado, e Piotr Zielinski e Eljif Elmas, infectados com a Covid-19, o Napoli teve uma novidade na equipe titular: o recém-contratado Tiemoué Bakayoko fez sua estreia com a camisa dos Partenopei. Do lado da Atalanta, a boa nova foi Josip Ilicic, que fez seu primeiro jogo desde julho, depois de longo período afastado por problemas pessoais.

Dominante na primeira etapa, o Napoli abriu o placar em jogada de velocidade aos 23 minutos. Giovanni Di Lorenzo recebeu pela direita e cruzou rasteiro para a segunda trave, onde Lozano apareceu para completar para o gol e fazer 1 a 0.

Aproveitando bate-cabeça da defesa da Atalanta na altura do círculo central, aos 27 minutos, Mertens pegou a sobra, avançou com a bola e abriu com Lozano pela esquerda. O mexicano pegou com jeito na bola, de chapa e cruzado, para vencer o goleiro Marco Sportiello.

Girando a bola em torno da área adversária em busca de espaço, o Napoli encurralava a Dea, e aos 30 minutos veio o terceiro gol. Matteo Politano conduziu a bola da direita para o meio e, com espaço à sua frente, finalizou de longa distância, de esquerda. O chute, de enorme felicidade, foi no canto esquerdo de Sportiello e balançou as redes.

Concluindo o primeiro tempo dos sonhos do Napoli, Victor Osimhen ganhou disputa pelo alto na intermediária e, vendo Sportiello adiantado, arriscou o chute de longe. A bola não foi tão forte, mas o goleiro da Atalanta não conseguiu se ajeitar a tempo para segurar a finalização: 4 a 0 para os Partenopei, aos 43 minutos.

Para recuperar algum equilíbrio ao duelo e evitar uma derrota histórica, o treinador Gian Piero Gasperini voltou para o segundo tempo com alterações técnicas e táticas: Palomino deixou o campo, dando lugar a outro zagueiro, Mojica, e o atacante Duván Zapata saiu para a entrada do zagueiro Djimsiti. Aos dez minutos da segunda etapa, Sam Lammers substituiu Papu Gómez e logo marcaria o gol de honra da Dea.

Aos 24 minutos do segundo tempo, o zagueiro Cristian Romero recuperou a bola no meio do campo e, aproveitando a defesa desatenta do Napoli, lançou Lammers no ataque. Com tempo e espaço, o atacante bateu na saída de Ospina para fazer para a Atalanta e fechar o placar em 4 a 1.

Com a derrota por três gols de diferença, a Atalanta viu o Milan tomar a liderança com os mesmos nove pontos, mas apenas três jogos realizados. Os Rossoneri jogam ainda neste sábado (17), no Derby della Madonnina contra a Inter, e podem abrir três pontos de diferença para o segundo colocado.

O Napoli assumiu provisoriamente a terceira colocação, com oito pontos, apesar de estar 100% em todos os jogos em que esteve em campo. Isso porque, é claro, o W.O contra a Juve lhe custou uma redução de um ponto.

O time de Gattuso irá lamentar por algum tempo a derrota no tapetão na rodada passada. Porém, se seguir com o nível de atuação atual ao longo da temporada, é possível que os pontos potenciais que deixou de ganhar contra a Juve sequer façam falta aos objetivos da equipe.