Decisivo novamente, Endrick prega cautela pelo título do Brasileirão: “Não vamos baixar a guarda” | OneFootball

Icon: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

·30 de novembro de 2023

Decisivo novamente, Endrick prega cautela pelo título do Brasileirão: “Não vamos baixar a guarda”

Imagem do artigo:Decisivo novamente, Endrick prega cautela pelo título do Brasileirão: “Não vamos baixar a guarda”

O atacante do Palmeiras, Endrick, pregou cautela neste reta final de Brasileirão, em que o Palmeiras pode ser campeão brasileiro neste domingo (3). Após a goleada de 4 a 0 sobre o América nesta quarta-feira (29), no Allianz Parque, o garoto afirmou que a próxima partida, diante do Fluminense, será difícil.

“Estamos na liderança agora, mas não vamos baixa a guarda e manter os pés no chão porque, para a gente, não está nada ganho. Sabemos que para Deus nada é impossível, então temos que manter os pés no chão, treinar bastante porque já tem jogo contra o Fluminense, e não será fácil, vai ser difícil, é (o time) campeão da Libertadores. Espero que possamos fazer um grande jogo e na última rodada também.”


Vídeos OneFootball


Na última rodada, o Verdão enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão, na próxima quarta-feira, dia 6. Porém, caso vença o Fluminense no domingo, ficaria muito próximo da taça, só podendo haver uma reviravolta no caso de Atlético-MG, Botafogo ou Flamengo conseguirem vencer os seus dois jogos restantes e reverter uma diferença de saldo de gols considerável. Ainda assim, caso nenhuma dessas três equipes vença no final de semana, uma vitória bastaria ao time de Abel Ferreira.

Aos 34 minutos do segundo tempo, a joia alviverde caiu no gramado sentindo dores em uma das coxas, e acabou dando lugar à Flaco López. Ele saiu muito batido de campo e as imagens deixaram a os palmeirenses preocupados. Porém, o camisa 9 tratou de tranquilizar a torcida, dizendo: Está tudo em cheque, está suave, estou bem.”

Eleito craque do jogo pela TV Globo, Endrick não se definiu como protagonista do time líder do campeonato, e ressaltou todo o grupo de jogadores. “Como eu falo em todas as minhas entrevistas, para mim não tem protagonismo. Porque se não fosse eles, a minha dedicação e a de todos, eu não poderia conquistar o prêmio (de Craque do jogo).”

“Só tenho a agradecer a todos meus companheiros, isso aqui é um trabalho em equipe. Vários outros poderiam ter isso aqui como o Naves, Weverton, Veiga, o Flaco (López). Então, só agradeço a Deus pela oportunidade, por estar bem e fazer o que eu mais gosto”, completou.

Saiba mais sobre o veículo