David Luiz é absolvido no STJD e cumpre apenas suspensão automática na Copa do Brasil | OneFootball

David Luiz é absolvido no STJD e cumpre apenas suspensão automática na Copa do Brasil

Logo: Coluna do Fla

Coluna do Fla

Zagueiro poderia pegar gancho de um a seis duelos devido à acusação de xingamento ao árbitro


David Luiz passou por julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na manhã desta quarta-feira (17), por conta da expulsão no empate de 0 a 0 do Flamengo contra o Athletico-PR, no dia 27 de julho, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira (FIFA/SP) relatou ter sido xingado pelo zagueiro. O atleta, com isso, pegou gancho somente de um jogo.

Importante frisar que o zagueiro cumpre a pena, que é a suspensão automática, na noite desta quarta-feira (17), contra o mesmo Athletico-PR, agora pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Ou seja, o zagueiro terá que ficar de fora somente desta partida, ficando à disposição a partir das semifinais do torneio eliminatório – caso o Flamengo se classifique.



David Luiz participou do julgamento do STJD e pôde se defender da acusação do árbitro, que relatou ter sido xingado. O zagueiro alegou jamais ter recebido cartão vermelho por reclamação, sendo essa a primeira vez. Além disso, o atleta garantiu que as palavras proferidas não foi para o juiz, e sim por conta da frustração pelo empate, sem ser correlacionado ao Luiz Flávio de Oliveira.

Foi um dia muito frustrante, um jogo com muitos nervos, tiveram inúmeras decisões que não foram muito claras. Eu acabei pagando por isso, que foi logo no final do jogo, que nem falta eu tinha feito. Eu proferi a palavra, olhando para o chão, nem foi olhando para o árbitro. Sem dúvida, isso nunca fez parte da minha carreira, pois nunca foi expulso por reclamação. Foi a primeira vez que vivi isso, sei que nunca foi parte do meu perfil de personalidade -, disse, antes de seguir:

Não estou feliz por estar aqui, tendo que falar sobre o ato. Mas, também, tenho consciência total de que é sempre bom aprender em todos os sentidos. Em nenhum momento eu quis falar as palavras, não falei direcionado à pessoa do árbitro da partida. Mas sim de frustração pelo jogo, pois não estávamos conseguindo ganhar, até por não ser falta, tinha tido falta dez segundos antes no Arrascaeta. O Luiz Flávio decidiu me expulsar, e eu tive que acatar -, finalizou.

O zagueiro foi defendido no julgamento por Michael Assef, advogado do Rubro-Negro carioca. David Luiz, agora, irá assistir ao jogo do Flamengo pela televisão, por conta da expulsão, que gerou a suspensão automática. O time carioca entra em campo às 21h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (17), na Arena da Baixada.

A partida, como dito anteriormente, é válida pelo segundo e decisivo confronto das quartas de final da Copa do Brasil. Como o jogo de ida terminou 0 a 0, basta ao Flamengo vencer, que garante classificação às semifinais do torneio. Caso o cotejo termine empatado novamente, independentemente do placar – pois não há critério de gol qualificado -, a vaga será definida nos pênaltis.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo