Danilo se inscreve em cursos de técnico da CBF, elogia Tite e revela identificação com Autuori

Logo: Central do Timão

Central do Timão

Imagem do artigo: Danilo se inscreve em cursos de técnico da CBF, elogia Tite e revela identificação com Autuori

Ídolo corinthiano e dono de oito títulos com a camisa Alvinegra, o ex-meia Danilo começará uma nova história no futebol: se prepara para ser treinador

Multicampeão, o ex-meia Danilo Gabriel é um dos jogadores mais vencedores na história do Corinthians, com oito títulos conquistados durante sua passagem com a camisa do clube, que durou de 2010 a 2018.

Aposentado em 2019, e com 41 anos completados em junho, Danilo começa uma nova história no futebol. Dará início à carreira de treinador e para isso já fez sua inscrição para os cursos da CBF, que começam em outubro.

Em entrevista ao portal UOL Esporte, Danilo contou a novidade:

Me inscrevi para fazer os cursos da CBF. Agora em outubro vai começar, será online. Agora estou acompanhado alguns jogos de casa e já me preparando para o curso”, contou Danilo.

A ideia surgiu da saudade dos gramados.

“A princípio não tinha esse pensamento. Eu pensava em fazer outras coisas. Mas depois de um ano e meio parado eu senti falta. Acostumei a competir, está no sangue. Entendo que jogar é uma coisa e ser treinador é outra, totalmente diferente. Mas a gente precisa ter desafios na vida”, disse.

Danilo disse ainda buscar um estilo inspirado em Paulo Autuori, seu treinador no São Paulo em 2005.

Trabalhei com muitos treinadores: Tite, Muricy. Mas o que me chamou mais atenção foi o Paulo Autuori. Ele é calmo, resolve as coisas numa boa, prioriza a parte tática, são equipes organizadas. Me identifico muito com o trabalho dele”, afirmou.

O ex-meia ainda exaltou Tite, com quem trabalhou no Corinthians e conquistou vários títulos.

“Trabalhei com o Tite na fase boa e na fase ruim. É um grande treinador e merecia ter ido à seleção brasileira até antes. Com ele não tem sacanagem. Quem estiver melhor joga. Ele trata todo mundo igual, isso faz a diferença”, ressaltou.

Durante o tempo que o eterno camisa 20 vestiu o manto sagrado do Parque São Jorge, atuou em 359 jogos e marcou 36 gols, sendo o último de bicicleta, na vitória por 2 x 1 sobre o Bahia, na Arena Corinthians, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro de 2018. 

Conquistou três campeonatos Brasileiros (2011, 2015 e 2017), duas vezes o Campeonato Paulista (2013 e 2018), um Mundial de Cubes da Fifa (2012), uma Conmebol Libertadores (2012) e uma Recopa Sul-Americana (2013).

Uma característica marcante de Danilo com a camisa do Corinthians foi o poder decisivo em clássicos. Dos 36 gols marcados pelo meia no Timão, 12 foram em jogos contra os rivais paulistas. Contra o São Paulo foram seis gols anotados; no Santos três; e no Palmeiras novamente três gols.

Deixou ainda outra marca histórica: é o único jogador da história alvinegra que marcou gols nos atuais estádios dos três rivais alvinegros:

Allianz Parque: Palmeiras 0 x 1 Corinthians – 08/02/2015 – O primeiro jogo do Corinthians no novo estádio palmeirense.

Vila Belmiro: Santos 1 x 1 Corinthians – 19/05/2013 – Final do Paulistão 2013.

Morumbi: São Paulo 1 X 2 Corinthians – 31/03/2013. São Paulo 0 X 1 Corinthians – 08/03/2015.

Em uma entrevista, resumiu em uma única frase o que foi ter jogado do Timão:

“Jogador que nunca jogar no Corinthians vai faltar alguma coisa para ele”.

Por Nágela Gaia/Redação da Central do Timão

Leia mais: