Cruzeiro sai na frente, sofre virada para o São Paulo e dá adeus a Copa São Paulo | OneFootball

Cruzeiro sai na frente, sofre virada para o São Paulo e dá adeus a Copa São Paulo

Logo: Deus me Dibre

Deus me Dibre

Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc .net

O Cruzeiro deu adeus a Copa São Paulo na noite dessa quinta-feira, em São Caetano do Sul. Primeiro, uma queda de energia colocou em dúvidas a realização da partida. Depois, uma confusão no lado de fora do estádio deixou uma torcedora ferida, a ambulância responsável pela partida precisou encaminhar a torcedora ao hospital. Mais de 30 minutos se passaram até o jogo, que estava marcado para 21h30 começar. Porém, não acabou por aí. Aos 35 minutos do segundo tempo, nova queda de luz deixou o jogo paralisado por mais vinte minutos. O Cruzeiro liderava o placar por 1 a 0, com gol de Ageu, e viu seu ritmo cair após a retomada do certame.

O primeiro tempo começou disputado e com o Cruzeiro aplicando o seu jogo tradicional de pressão alta na saída de bola do São Paulo e marcação firme na defesa. O primeiro gol foi marcado por Ageu, de cabeça, aos 30 minutos da primeira etapa, após cobrança de escanteio de Vitinho. Quando o jogo caminhava para o fim, o São Paulo empatou já nos acréscimos com Maioli, em primeiro descuido defensivo da Raposa.

O segundo tempo começou com o São Paulo melhor e levando muito perigo ao gol do Cruzeiro. Logo aos 4′, Caio chega na linha de fundo, cruza para a área e Vitinho fura dentro da pequena área. Grande chance desperdiçada. Cinco minutos depois, Caio chegou novamente com perigo pela direita, passou com facilidade por Riquelmy e finalizou forte, a bola atingiu o travessão de Denivys.

O goleiro celeste seguiu fazendo boas defesas, mas o gol do adversário parecia ser questão de tempo a medida que a Raposa não conseguia sair jogando e levar perigo ao gol tricolor. Aos 32 minutos, o time celeste bobeou na marcação, João Adriano entrou livre pela esquerda e cruzou para entrada da grande área. Vitinho chutou forte, a bola desviou no zagueiro Matheus Vieira e matou o goleiro Denivys. 2 a 1. Minutos antes, o zagueiro desperdiçou a melhor chance do time celeste após cobrança de escanteio.

O Cruzeiro tentou reagir e quase conseguiu com Alex Matos, já nos minutos finais, após receber bola na pequena área e finalizar por cima do gol. A derrota encerra a participação do Cruzeiro na Copa São Paulo, que fez boa campanha sob o comando do técnico Mário Henrique, com apenas três gols sofridos em sete jogos.

Saiba mais sobre o veículo