CR7 pode mudar a dieta dos jogadores do United | OneFootball

CR7 pode mudar a dieta dos jogadores do United

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Jogador português anda na linha quando o assunto é alimentação

Estádio Manchester United – Fonte: Pixabay

Recém-chegado ao Manchester United, o craque português Cristiano Ronaldo já tem influenciado a equipe. De acordo com o goleiro reserva Lee Grant, nenhum jogador ousou comer qualquer doce depois de um jantar. A justificativa seria porque CR7 estava sentado à mesa.

No dia seguinte, a equipe inglesa ganhou do Newcastle por 4 a 1, sendo que dois gols foram de Cristiano Ronaldo. Mas será que o açúcar influencia tanto assim?

Açúcar não é proibido

O consumo de açúcar não é proibido pelos times. No entanto, ele não tem tanto espaço na vida dos jogadores que, ora estão mantendo uma dieta saudável ora estão driblando com a bola nos pés.

Dentro dessa realidade, o doce pode ser uma sobremesa ou uma forma de comemorar alguma partida. Mesmo assim, tem quem seja mais rigoroso e não saia do estilo de vida saudável, como é o caso de Cristiano Ronaldo.

Motivos para isso não faltam. Segundo estudo divulgado na Gazeta do Povo, o açúcar aumenta as chances de surgirem doenças não transmissíveis, como diabetes, obesidade e gastrite. Em todo o mundo, mais de 60% das mortes são ocasionadas por essas enfermidades.

No entanto, o risco só aumenta quando o consumo não é moderado. O problema é que boa parte das pessoas ingere muito mais doce do que é saudável. No Brasil, por exemplo, o excesso chega a 50% do que é recomendado pelo Ministério da Saúde.

Então, apesar de o comportamento de Cristiano Ronaldo e outros jogadores chamar a atenção, na verdade, o consumo acima do ideal é que deveria causar estranheza. Até porque, um jantar isolado não significa que ninguém da equipe goste de doces.

Truques do craque Cristiano Ronaldo

Dependendo da localidade, driblar os doces pode ser tão difícil quanto jogar futebol. No Brasil, por exemplo, apesar da alta no preço de vários alimentos, existem vários produtos alimentícios açucarados que estão sempre em promoção. De acordo com este encarte do Guanabara, que pode ser acessado até mesmo pelo celular, existem chocolates pequenos por R$ 1,99 e barras de 140 gr por R$ 4,39. A maior parte dos biscoitos recheados também saem por menos de R$ 3.

Mas esse não é o único desafio do craque Cristiano Ronaldo. Para manter a saúde e boa forma aos 36 anos, ele assumiu que presta bastante atenção ao que ingere – e não apenas aos treinos do seu time.

Para o café da manhã, o jogador gosta de comer queijo, iogurte e presunto, ou seja, uma combinação de proteínas. De vez em quando, ele consome ainda torrada com abacate e alguma fruta.

As demais refeições também são equilibradas. No almoço, ele costuma comer salada e frango (ou atum). Já para o jantar, o alimento principal pode ser carne ou peixe grelhado, além de salada.

Outro truque adotado por Cristiano Ronaldo é o de comer seis vezes ao dia. Dessa forma, ele não deixa que o organismo dele sinta fome. Consequentemente, ele consegue não exagerar nas refeições, mesmo em um dia corrido de trabalho.

Como todo mundo sabe, CR7 é um dos jogadores mais talentosos e não é à toa. Além da performance dentro dos gramados, o craque vive o futebol todos os dias, em todos os momentos. Por esse motivo, o atleta cuida tão bem da saúde e da alimentação. Afinal, ele entende como ninguém que o corpo dele é uma ferramenta de trabalho, o que explica a necessidade de tantos cuidados. Cabe esperar se a influência do craque no novo time irá além da diminuição do açúcar.

*Conteúdo de marca

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo