Corinthians atropela o São Bernardo e estreia com vitória no Paulistão Feminino | OneFootball

Corinthians atropela o São Bernardo e estreia com vitória no Paulistão Feminino

Logo: Meu Timão

Meu Timão

O Corinthians começou a disputa do Paulistão Feminino com goleada segura diante do São Bernardo. Jogando fora de casa, o Timão conseguiu uma sólida vitória por 6 a 1. Os gols foram marcados por Jheniffer, duas vezes, Mylena, Vic Albuquerque, Grazi e Bianca Gomes.

A equipe alvinegra começou o jogo já com a marcação alta e fazendo muita pressão nas donas da casa. O primeiro tempo, no entanto, chegou ao fim em apenas 2 a 0. Na segunda etapa, o Timão aproveitou a queda de rendimento do São Bernardo, fez alterações em suas peças e construiu o placar elástico.

Agenda alvinegra! O Corinthians agora volta suas atenções às quartas de final do Brasileirão. A equipe enfrenta o Real Brasília, às 11h, no Mané Garrincha.

Escalação

O técnico Arthur Elias poupou algumas de suas jogadoras, que ficaram no CT fazendo um trabalho de recuperação pela manhã. Por outro lado, a equipe teve o retorno da goleira Lelê, que se recuperava de lesão.

Assim, o Timão foi a campo com Lelê, Mariza, Andressa, Yasmim e Juliete; Diany, Grazi e Bianca Gomes; Miriã, Mylena e Jheniffer.

Meu Timão

No banco de reservas, o treinador teve à disposição Tainá Borges, Paty, Paulinha, Lia Salazar, Vic Albuquerque e Jaqueline.

O São Bernardo, por sua vez, foi a campo com Michelle, Renatinha, Carol, Kelly, Sassa, Soares, Alice, Rai, Milena Lopes, Tuca e Day.

O jogo

Primeiro tempo

O Corinthians começou a partida já pressionando as donas da casa. Depois de muitas trocas de passe, com menos de cinco minutos o Timão abriu o placar. A bola cruzada na área encontrou Mylena, que acionou Juliete para o novo cruzamento. A camisa 6 fez o passe parra Jheniffer, que finalizou de primeira e viu a goleira fazer a defesa. Na sobra, a camisa 9 empurrou para o fundo da rede.

Pouco depois, foi a vez de Miriã fazer o lançamento na área. A bola, no entanto, passou por Jheniffer e Mylena e saiu pela linha de fundo. A equipe alvinegra fazia uma linha de marcação alta e pressionava bastante a saída de bola adversária.

O Corinthians chegou com perigo novamente com pouco mais de dez minutos. Andressa teve liberdade para avançar e, da entrada da área, tentou o lançamento por elevação para Bianca, que viu a defesa interceptar e quase mandar contra o próprio gol. Minutos depois, a camisa 77 voltou a ser acionada dentro da área e dominou para a batida, mas a jogada foi parada por impedimento.

A troca de passes corinthiana envolvia a defesa adversária. Yasmim acionou Diany pelo meio e a camisa 8 tocou com Grazi para ver a meia busca opções dentro da área, mas antes que a bola pudesse chegar em uma corinthiana a defesa afastou o perigo.

Aos 20 minutos, uma cobrança de falta quase acabou no segundo gol corinthiano. Depois de Mylena ser derrubada pela direita, Diany bateu falta direto para o gol, mas a bola explodiu no pé da trave e voltou na pequena área. Antes da chegada de Jheniffer na bola, a defesa afastou o perigo.

No lance seguinte, o Corinthians criou mais uma jogada de perigo. Bianca dominou pela direita e levantou a bola na área na cabeça de Jheniffer, que cabeceou com força, mas viu a bola passar raspando o travessão e sair pela linha de fundo.

O Corinthians teve duas boas oportunidades com Yasmim, em chute de longe, e Miriã, em jogada dentro da área, mas em ambas a goleira ficou com a bola. A equipe alvinegra seguiu a com a posse de bola e o domínio total da partida, mas pecava nos momentos de finalização.

Quando parecia que o primeiro tempo chegaria ao final sem um novo gol, Jheniffer apareceu novamente na área para balançar a rede. Em cobrança de escanteio da Bianca, Diany e Andressa subiram para tentar o desvio de cabeça, mas não alcançaram a bola, que sobrou baixa para a camisa 9 desviar com os pés para o fundo da rede.

Segundo tempo

Para o segundo tempo, a equipe alvinegra voltou com uma alteração. Andressa deu lugar para Lia Salazar entrar em campo. Com isso, o Corinthians ficou sem uma zagueira de ofício em campo e passou a ter Diany e Yasmim formando a dupla defensiva.

Com cerce de três minutos, depois de duas cobranças de escanteio, Grazi ficou com a bola após saída errada da arqueira, mas foi desarmada no momento da finalização. Pouco depois, em nova cobrança, Lia Salazar ia ficando com a bola na área para a finalização, mas também foi desarmada.

Aos sete minutos, o placar foi ampliado por Mylena. A camisa 19 apareceu livre para receber o cruzamento de Mariza na medida e cabeceou firme para o fundo da rede. Poucos minutos depois, no entanto, a equipe mandante diminuiu a diferença: a bola longa no ataque não foi desviada por Yasmim, que até tentou, mas falhou pelo alto, e Tuca fez o domínio para ficar cara a cara com Lelê e marcar o gol do São Bernardo.

Logo em seguida, o treinador corinthiano fez as alterações que estava planejando na equipe: Paulinha, Vic Albuquerque e Jaque entraram nos lugares de Juliete, Mylena e Mariza. Pouco depois, o Corinthians teve a chance de mais um gol com Jheniffer, mas a jogada foi invalidada por impedimento.

Com 22 minutos, Jheniffer teve três chances para balançar a rede novamente. A camisa 9 finalizou para a defesa de Michelle e a situação se repetiu mais uma vez. Na terceira finalização, a bola passou pela arqueira, mas foi afastada pela defesa. A sobra ainda foi corinthiana e Grazi dominou e bateu alto, mas mandou a bola por cima do gol.

Poucos minutos depois, a vitória se tornou goleada e a partida ficou ainda mais importante para uma corinthiana. A meia-atacante Vic Albuquerque marcou seu primeiro gol neste retorno ao clube depois de Miriã ficar com a sobra do escanteio e chutar da entrada da área de primeira. A goleira Michelle impediu o gol da camisa 15, mas soltou a bola nos pés de Vic, que só precisou empurrar para o fundo da rede.

Não demorou para que o quinto gol corinthiano saísse. A equipe alvinegra recuperou a bola no campo de ataque e Jaque fez o cruzamento na medida para Grazi cabecear para o fundo da rede. Pouco depois, a camisa 30 chegou perto de balançar a rede, também de cabeça, mas a goleira Michelle fez a defesa no canto.

O Corinthians voltou a balançar a rede aos 36 minutos, mas o gol foi invalidado. Vic Albuquerque, que deu o passe na pequena área, foi flagrada em impedimento. Já nos minutos finais, o sexto gol saiu dos pés de Bianca Gomes. A camisa 77 recebeu o passe de Vic Albuquerque, limpou a marcação e bateu firme no gol para marcar seu primeiro gol na partida.

A camisa 77 voltou a tentar o gol pouco depois, já nos acréscimos, em cobrança de escanteio, mas o chute da corinthiana saiu em tiro de meta. Pouco depois, Jaque fez a jogada na entrada da área e foi derrubada com falta. A cobrança, no entanto, saiu por cima do gol. Assim, o jogo chegou ao fim em 6 a 1.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo