Copa do Brasil aumenta suas premiações e o Corinthians pode ganhar uma bolada; confira os valores | OneFootball

Copa do Brasil aumenta suas premiações e o Corinthians pode ganhar uma bolada; confira os valores

Logo: Meu Timão

Meu Timão

Entre as competições que o Corinthians vai disputar em 2022, está a Copa do Brasil. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), responsável pela competição nacional, informou um ajuste nos valores das premiações em todas as fases. Com isso, o Timão pode garantir uma quantia de quase R$ 80 milhões caso fature o troféu da próxima edição.

As bonificações são acumulativas. Sendo assim, o campeão leva o prêmio com a soma das fases anteriores. No ano passado, o Atlético-MG ganhou R$ 56 milhões somente pela taça. Agora, o time vencedor ficará com R$ 60 milhões pelo título, ou seja, com R$ 4 milhões a mais. Confira os montantes detalhados de cada etapa a seguir:

  • Primeira fase: R$ 620 mil (grupo III), R$ 1,09 milhão (grupo II) ou R$ 1,27 milhão (grupo I);
  • Segunda fase: R$ 750 mil (grupo III), R$ 1,19 milhão (grupo II) ou R$ 1,5 milhão (grupo I);
  • Terceira fase: R$ 1,9 milhão (igual para todos os grupos);
  • Oitavas de final: R$ 3 milhões;
  • Quartas de final: R$ 3,9 milhões;
  • Semifinal: R$ 8 milhões;
  • Vice-campeão: R$ 25 milhões;
  • Campeão: 60 milhões;

Os 92 participantes do torneio são divididos em três grupos. O grupo I conta com os 15 primeiros do Ranking Nacional de Clubes da CBF 2022. Enquanto isso, o grupo II abriga as outras oito equipes integrantes da Série A do Campeonato Brasileiro. Por outro lado, o grupo III junta os demais times, sendo 69. Nas duas primeiras fases, as premiações são diferentes a depender do conjunto que cada elenco se encaixa.

Os classificados para a Copa Libertadores, como é o caso do Corinthians, entram somente na terceira fase da Copa do Brasil. Atualmente, o Timão faz parte do grupo I, embora só integre a disputa a partir do momento em que os valores serão iguais. Assim, poderia levar até R$ 76,8 milhões. Veja a divisão completa abaixo:

  1. Grupo I: América-MG, Athletico-PR, Atlético-MG, Bahia, Ceará, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos e São Paulo.
  2. Grupo II: Atlético-GO, Avaí, Botafogo, Coritiba, Cuiabá, Goiás, Juventude e Red Bull Bragantino.
  3. Grupo III: ABC-RN, ASA-AL, Alagoinhas-BA, Altos-PI, Anápolis-GO, Azuriz-PR, Bahia de Feira-BA, Brasil-RS, Brasiliense-DF, Botafogo-SP, Campinense-PB, Cascavel-PR, Castanhal-PA, Chapecoense-SC, Ceilândia-DF, Costa Rica-MS, CRB-AL, Criciúma-SC, CSA-AL, Ferroviária-SP, Ferroviário-CE, Figueirense SC, Fluminense-PI, Globo-RN, Glória-RS, Guarani-SP, Humaitá-AC, Icasa-CE, Juazeirense-BA, Lagarto-SE, Londrina-PR, Manaus-AM, Maricá-RJ, Mirassol-SP, Moto Club-MA, Náutico-PE, Nova Iguaçu-RJ, Nova Venécia-ES, Novorizontino-SP, Paraná Clube-PR, Paysandu-PA, Ponte Preta-SP, Porto Velho-RO, Portuguesa-RJ, Pouso Alegre-MG, Oeste-SP, Operário-PR, Operário-MT, Real Noroeste-ES, Remo-PA, Rio Branco-AC, Salgueiro-PE, Sampaio Correa-MA, São Raimundo-RR, São Raimundo-AM, Sergipe-SE, Sousa-PB, Sport-PE, Tocantinópolis-TO, Tombense-MG, Trem-AP, Tuna Luso-PA, TunTum-MA, União-MT, URT-MG, Vasco da Gama-RJ, Vitória-BA, Vila Nova-GO e Volta Redonda-RJ.

Notícias relacionadas

Veja mais em: Copa do Brasil .

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo