Contrato no fim, multa rescisória e outros; Carvalhal aparece como opção mais provável ao Flamengo | OneFootball

Contrato no fim, multa rescisória e outros; Carvalhal aparece como opção mais provável ao Flamengo

Logo: Coluna do Fla

Coluna do Fla

Alvo do Flamengo, Carvalhal tem contrato até junho de 2022 com o Braga


Flamengo termina o ano de 2021 sob o comando de Maurício Souza, auxiliar técnico permanente da comissão técnica, após demissão de Renato Gaúcho. Visando a temporada de 2022, o Rubro-Negro mapeia o mercado para escolher o substituto, e Carlos Carvalhal ganha força neste momento. Isso porque, a multa rescisória do treinador pode facilitar a negociação.

O técnico está no comando do Braga, de Portugal, e tem vínculo até junho de 2022. Ou seja, para tirar Carvalhal do clube português, o Flamengo precisará pagar a multa rescisória. A reportagem do Coluna do Fla apurou que o valor, no primeiro ano, estava na casa dos 10 milhões de euros, no entanto, entrando nos seis últimos meses de contrato, são considerados ‘bem menores’.

Em meio a isso, o Flamengo conta com a ajuda do próprio Carvalhal e do empresário Bruno Macedo para chegar a um acordo viável junto ao Braga. Os dirigentes do Rubro-Negro, Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e Bruno Spindel, diretor executivo da pasta, já se encontraram com o agente do técnico nesta semana.



Vale destacar que o interesse em Carlos Carvalhal é antigo. Após a demissão de Jorge Jesus, o técnico foi um dos alvos da diretoria do Flamengo. Na ocasião, o treinador hesitou em se mudar para o Brasil por questões familiares em função da pandemia de Covid-19. Em meio a isso, Carvalhal concedeu algumas entrevistas ‘lamentando’ a decisão e reforçando o sonho de comandar o clube carioca.

Outro ponto positivo na negociação é a boa relação entre as partes, visto que Flamengo e Braga já realizaram algumas negociações recentes: Vitor Gabriel e Bruno Viana, por exemplo. Além disso, é importante destacar que o empresário Bruno Macedo é o intermediário nas conversas entre os clubes e, inclusive, participou também da contratação de Jorge Jesus em 2019.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo