Conmebol nega mais um recurso e Pavón deve acionar o TAS | OneFootball

Conmebol nega mais um recurso e Pavón deve acionar o TAS

Logo: Jogada10

Jogada10

A Conmebol negou o recurso do atacante Cristian Pavón, do Atlético, sobre a punição de seis jogos na Copa Libertadores. Depois do primeiro pedido negado, o jogador havia entrado com um solicitação de revisão na Câmara de Apelações da Entidade sul-americana. Assim, agora, de acordo com o “GE”, o argentino vai recorrer ao Tribunal Arbitral do Esporte, na Suíça.

Na petição enviada para a Conmebol, os advogados de Pavón argumentaram que o atacante já teria cumprido a punição que sofreu na eliminação do Boca Juniors para o próprio Atlético, pelas oitavas de final da Copa Libertadores de 2021. No entanto, o argentino não estava inscrito na competição deste ano pelo Boca. Mas ele alega que isto ocorreu por uma “vingança” do clube por ter assinado um pré-contrato com o Galo.

Pavón tem um gol marcado em quatro jogos pelo Galo – Pedro Souza / Atlético

Pavón foi punido com seis jogos de suspensão pela briga entre jogadores de Atlético e Boca, no Mineirão. O atacante foi quem recebeu a punição mais pesada entre todos os envolvidos. Assim, se não tiver sucesso no TAS e o Atlético se classificar para a Libertadores de 2023, Pavón pode perder toda a fase de grupos.

Pavón tenta decisão inédita

Antes de entrar com a ação no TAS, os advogados de Pavón ainda aguardam os fundamentos da última decisão da Conmebol. Assim, no Tribunal da Suíça, o Atlético deve entrar como interessado e vai auxiliar na construção da tese de defesa. No entanto, uma decisão favorável ao jogador seria inédita na história do TAS em casos deste tipo.

Anunciado pelo Atlético  no início de julho, Pavón já disputou quatro partidas com a camisa do Galo e tem um gol marcado. O atacante deixou o dele na derrota para o Athletico, no Mineirão, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo