Conmebol faz proibição inusitada para a final da Libertadores | OneFootball

Conmebol faz proibição inusitada para a final da Libertadores

Logo: Mercado do Futebol

Mercado do Futebol

Segundo informações do portal UOL, a Conmebol irá proibir o consumo de cerveja na final da competição e terá uma barreira para torcedores sem ingressos

Estamos a exatos um mês da grande finalíssima da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo, e os torcedores já começaram a se mobilizar para assistir o espetáculo ao vivo em Montevidéu.

Com isso, nessa quarta-feira (27), a Conmebol divulgou que não terá venda de bebidas alcóolicas na final da Libertadores, entre elas a cerveja. A final da Sul-Americana também não terá a venda durante e antes dos jogos.

A decisão é do governo uruguaio e tem como objetivo prevenir tumultos, pois há preocupação especial com possíveis confrontos entre torcedores de Palmeiras e Flamengo, que decidem a Libertadores.

A informação foi repassada aos presidentes do Palmeiras, Maurício Galiotte, e do Flamengo, Rodolfo Landim, nesta terça-feira, em reunião realizada na sede da Conmebol, em Assunção. Foi firmado um acordo para que os clubes realizem campanhas contra a violência entre seus torcedores, principalmente os de organizadas que viajarão de ônibus até o Uruguai. Os clubes ainda avaliam se farão isso de forma conjunta ou separada.

Além disso, outra regra de segurança repassada foi a respeito da presença de torcedores sem o ingresso na final da competição. Esses torcedores não poderão se aproximar do estádio, já que serão criadas barreiras em raio ainda a ser definido.

O governo uruguaio deve indicar pontos específicos na cidade em que torcedores de Palmeiras e de Flamengo devem ficar para acompanhar os jogos em restaurantes, por exemplo, em áreas separadas. Os clubes deverão incentivar seus fãs sem ingresso a se dirigirem a essas regiões.

Além disso, eventos como por exemplo que a Fan Fest que será organizada em Montevidéu não estará funcionando no dia dos jogos, para que a polícia possa se concentrar na segurança nos arredores e dentro do Centenário.

Foto de Alexandre Vidal

Saiba mais sobre o veículo