Conheça Alemão, um dos destaques do Corinthians na Copinha | OneFootball

Conheça Alemão, um dos destaques do Corinthians na Copinha

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

O Corinthians entra em campo na noite desta sexta-feira (14), buscando se classificar para as oitavas de final da Copinha, diante do Resende (RJ), em São José dos Campos. Logo, um dos destaques do Timãozinho na competição é o zagueiro Alemão, de 19 anos.

Conhecido como “Alemão”, João Victor Tornich, teve breve passagem em outra função no campo, a de atacante. Com 1,96m de altura, o atleta detém de alguns fundamentos de finalização, como contou o seu pai, Marcos ao GE.

“Uma pena que a gente não tenha gravado na época, mas o começo do João foi totalmente diferente. Ele era atacante, rápido, sempre artilheiro dos campeonatinhos da cidade… Aos poucos, acabou virando volante”, disse Marcos.

A altura de Alemão o coloca como o mais alto entre todos os zagueiros do Corinthians no profissional, superando Gil que conta com 1,92m. Natural de Franca, interior de São Paulo, o defensor vem de família inteiramente corintiana. Seus primeiros passos foram aos sete anos, em uma escolinha da cidade.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook.

“Quando ele foi morar em São Paulo para jogar no Corinthians, a gente já estava meio acostumado. Já tinha saído de casa algumas vezes para testes, fez no Internacional, em Porto Alegre, com 15 anos, no próprio Corinthians, no Atlético-MG… O pessoal comentava que viraria jogador. Acho que é uma coisa que acontece naturalmente. Meu filho mais velho já jogou bola e também se destacava, mas não tem aquele DNA… Era mais preguiçoso, não queria acordar cedo… O Alemão já não, acordava até antes para eu levá-lo aos jogos, sempre correu atrás”.

Alemão foi contratado pelo Corinthians em 2020, por meio de uma parceria com o Francana após se destacar na Copinha daquele ano. Seu contrato de formação com o Timão vai até o final de 2024.

“Com 16 anos, ele fez um teste sem empresário, sem nada, no Corinthians. Tudo porque a gente conheceu um ex-conselheiro do clube, comentamos dele e aí esse cara conseguiu uma semana de treinos para ele. Mas acabou que era uma época de Paulista, semifinal, então ele não foi bem observado. O rapaz até falou para voltar depois, porque não tinha dado para observar – completou Marcos. Estamos muito felizes, são muitos meninos que sonham com isso. Ele correu atrás, pouca gente ajudou. É um moleque exemplar, na escola, também”, finalizou o pai.

Saiba mais sobre o veículo