Comandado por André Jardine, Atlético de San Luis vence o líder da Liga Mexicana | OneFootball

Comandado por André Jardine, Atlético de San Luis vence o líder da Liga Mexicana

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

Com duas vitórias e um empate nos últimos três jogos, o Atlético de San Luis, do técnico brasileiro André Jardine, está a apenas um ponto da zona de classificação do Campeonato Mexicano após vencer o Puebla, até então líder da competição, na noite deste domingo.

A vitória por 2 a 1 foi conquistada depois da equipe sofrer o empate aos 43 minutos da segunda etapa e, mesmo assim, marcar o gol decisivo no lance final da partida.

“Incrível e inacreditável pela forma como foi, e pelo adversário. Vitórias assim nos marcam, marcam os torcedores e formam uma identidade. Posso dizer que estou muito feliz com o trabalho e com nosso time”, comemorou o treinador brasileiro, medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Não foi apenas na tabela de classificação que a vitória teve reflexos. Havia 168 dias que o Atlético de San Luis não vencia dentro do seu próprio estádio.

“Difícil entender esse tabu, são coisas que o futebol impõe. Contra o Chivas já podíamos ter encerrado com isso, mas ficou para hoje, contra o líder”, celebrou Jardine após seu terceiro jogo no Estádio Alfonso Lastras.

Já são três jogos de invencibilidade na Liga MX, obtidos em uma sequência dura. Antes de vencer o líder Puebla neste domingo, o Atlético de Jardine já havia batido o Monterrey, que disputou o Mundial de Clubes, e empatado com o clube de maior torcida do país, o Chivas.

O treinador brasileiro chegou ao México há pouco mais de um mês e encontrou o time na chamada Zona da Multa (não há rebaixamento na Liga). A boa arrancada levou a equipe à 14ª colocação com 10 pontos, apenas um abaixo da zona de classificação – ao todo, 12 equipes passam para os playoffs.

“Nosso primeiro objetivo é sair da zona de baixo. Temos que pensar ponto a ponto, jogo a jogo. Os jogadores entenderam nosso trabalho e isso é o mais importante. Assim temos margem pra crescer e buscar coisas maiores”, disse.

A partida em San Luis de Potosi contou com um forte esquema de segurança, adotado preventivamente após os incidentes do último fim de semana no estádio La Corregidora, quando torcedores do Querétaro entraram no gramado e protagonizaram uma tragédia, agredindo brutalmente torcedores do Atlas e deixando dezenas de pessoas gravemente feridas.

Em um esforço conjunto entre as autoridades locais, os donos dos clubes, a Liga MX e a Federação Mexicana de Futebol, foram adotadas medidas como a proibição da entrada da torcida visitante e a interrupção da venda de bebidas alcoólicas ao final do primeiro tempo, entre outras.

No minuto 62, altura em que o duelo entre Querétaro e Atlas foi interrompido pela invasão dos agressores, todas as partidas da rodada da Liga MX foram paralisadas para que os jogadores de ambas as equipes fizessem um círculo e permanecessem simbolicamente abraçados por um minuto, em um gesto bastante aplaudido pelas arquibancadas.

Saiba mais sobre o veículo