Com sotaque brasileiro, Ligue 1 2022/23 começa e brasileiros se destacam | OneFootball

Com sotaque brasileiro, Ligue 1 2022/23 começa e brasileiros se destacam

Logo: Trivela

Trivela

Estamos de volta! O Boletim da Ligue 1 voltou após uma rodada de abertura bem maneira! Foi de um brasileiro a primeira comemoração de um gol na temporada 22/23 da Ligue 1.

“Tetê é o pai da criança!” O brasileiro, ex-Grêmio, que chegou no meio da temporada passada e se destacou no oscilante Lyon da temporada passada, começou mostrando que, se depender dele, o Lyon briga nas cabeças.

Tetê marcou o primeiro gol da Ligue 1

Mas quem chegou chegando mesmo com 3 assistências e 1 gol foi Neymar. Jogando assim, em ano de Copa do Mundo, o atacante faz o povo brasileiro sonhar.

Neymar teve grande estreia na Ligue 1

O “problema” (só para os brasileiros que pensam na Copa do Mundo, claro!) é que Messi chegou chegando muito forte também. Dois gols sendo um deles de bicicleta e uma assistência. Ou seja: os caras tão voando!

Messi estreou bem na temporada pelo PSG

Até vale um design especial pro lance que podemos chamar de cartão de visitas.

Messi marcou um golaço

Brasileiros de Seleção Brasileira e com destaque em suas equipes, Gerson e Paquetá foram mais discretos nessa rodada de abertura.

As estreias de Paquetá e Gerson na temporada francesa

Na artilharia, a piada é muito pronta. Se ele “SoToca” imagina se ele chutasse (tum dum tsss)!

Florian Sotoca começou bem a Ligue 1 pelo Lens

Nas assistências, Neymar meteu aquele “faz a me abraça” três vezes. Pior para o Clermont.

Neymar: garçom da rodada

Poupando para a partida da Champions League onde decidirá sua vida diante do PSV, o Monaco escalou um time misto. Caio Henrique, garçom na temporada passada, nem sequer foi a campo. Vanderson jogou poucos minutos. Jean Lucas, que não vinha sendo utilizado na temporada passada quando o Monaco emplacou uma série positiva de resultados, teve sua chance.

A estreia de Jean Lucas, do Monaco

Vice-campeão, o Marseille parece ter se reforçado bem para a temporada. Pelo menos essa foi a boa impressão que Nuno Tavares e Luiz Suarez deixaram. Recém-chegados de Arsenal e Granada, a dupla apresentou um excelente cartão de visitas.

Nuno Tavares e Luis Suárez, dois estreantes pelo Olympique de Marseille

O destaque da rodada 1 foi o PSG. Não somente pela goleada por 5 a 0 fora de casa, mas, também, pelo novo sistema implementado por Cristophe Galtier.

O PSG com três zagueiros do técnico Christophe Galtier

Quem aproveitou foi Hakimi. O esquema com três zagueiros o favorece.

Achraf Hakimi, do PSG

E, para, encerrar, não podíamos deixar de homenagear o grande Jô Soares, devidamente homenageado por Neymar.

A impressão a respeito da Rodada 1 foi boa, né? Muitos gols… Sexta-feira tem mais da Ligue 1.

Au revoir!

Saiba mais sobre o veículo