Com rescisões e publicações, expectativa é de tarde agitada para o Cruzeiro no BID da CBF | OneFootball

Com rescisões e publicações, expectativa é de tarde agitada para o Cruzeiro no BID da CBF

Logo: Deus me Dibre

Deus me Dibre

FOTO: GUSTAVO ALEIXO / FLICKR / CRUZEIRO E.C.

Horas após realizar toda a tramitação de dar baixa nos processos que impediam o clube de registrar jogadores (transfer ban), o Cruzeiro vive um dia cheio e na expectativa de ver seus reforços já anunciados disponíveis para atuar na estreia do campeonato mineiro.

A equipe de transição, gerida por Ronaldo, realizou na data de ontem o pagamento integral do transfer ban e conseguiu agilizar toda a burocracia para que os atletas fossem registrados nesta terça-feira (25). Com isso, os nomes publicados no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ganham condição de jogo.

O Cruzeiro estreia na temporada de 2022 amanhã, contra a URT, no Independência. O jogo acontece às 17 horas e terá transmissão exclusiva pelo aplicativo de streaming do jornal O Tempo.

Além das publicações que devem aparecer ao longo do dia, o Cruzeiro já registrou duas rescisões contratuais no BID: o goleiro Vinícius, contratado em 2019, do Criciúma e o zagueiro Gustavo Rissi, formado na base da Raposa, que esteve na última temporada emprestado ao Ausin Bold (EUA).

IMAGEM: BID/CBF

Outro nome que já apareceu no BID e que também interessa ao Cruzeiro é o do meia João Paulo, que rescindiu com o Tombense – atuou na última temporada pelo Atlético-GO – e agora está apto a ser oficialmente um jogador da Raposa.

IMAGEM: BID/CBF

Ao todo, o Cruzeiro espera regularizar seus onze reforços já anunciados na temporada: o goleiro Rafael Cabral; os zagueiros Sidnei, Maicon e Mateus Silva; o lateral Gabriel Dias; os volantes Pedro Castro, F. Machado e W. Oliveira; o meia João Paulo e os atacantes Edu e Waguininho.

Atualizações: O volante Filipe Machado foi o primeiro nome a aparecer no BID. Após sua primeira passagem na Raposa, em 2020, o jogador ficou um ano parado e retorna para reforçar o meio de campo.

IMAGEM: BID/CBF

O segundo a ser publicado no BID foi o próprio meia João Paulo, que apareceu primeiro como uma rescisão do Tombense.

IMAGEM: BID/CBF

O terceiro nome a ser publicado foi o do lateral direito Gabriel Dias.

IMAGEM: BID/CBF

O quarto e o quinto nome foram publicados no BID de forma simultânea, sendo eles o volante Willian Oliveira e o zagueiro Mateus Silva.

IMAGEM: BID/CBF

IMAGEM: BID/CBF

O contrato do atacante Vitor Leque com o Cruzeiro também foi publicado. Apesar de não ser um dos reforços, o atacante estava no clube por empréstimo – pertencia ao Atlético-GO – e teve seus direitos econômicos adquiridos pela Raposa por R$700 mil, pagos em duas parcelas. Seu contrato foi assinado até o final de 2024.

IMAGEM: BID/CBF

Os sexto e o sétimo reforços também foram publicados. Os atacantes Edu e Waguininho ganham condição de jogo e estão aptos a estrear pelo Cruzeiro no Campeonato Mineiro.

IMAGEM: BID/CBF

IMAGEM: BID/CBF

E com essas publicações, o Cruzeiro conseguiu registrar 7 dos 11 atletas que contratou para reforçar o elenco. As ausências sentidas foram do zagueiro Sidnei e do goleiro Rafael Cabral. O zagueiro Maicon e o volante Pedro Castro testaram positivo para Covid-19 e por isso o clube não teve pressa para agilizar seus registros.

Mencionados neste artigo