Com Raphinha e Lewandowski, Barcelona empata sem gols com o Rayo na estreia do Espanhol | OneFootball

Com Raphinha e Lewandowski, Barcelona empata sem gols com o Rayo na estreia do Espanhol

Logo: Gazeta Esportiva.com

Gazeta Esportiva.com

O Barcelona enfim deu o pontapé inicial na temporada 2022/23. Na tarde desta sexta-feira, a equipe comandada por Xavi Hernández enfrentou, no Camp Nou com mais de 80 mil presentes, o Rayo Vallecano, pela primeira rodada do Campeonato Espanhol. Por mais que tivesse suas estrelas, como Raphinha e Lewandowski, em campo, o Barça não conseguiu marcar. A partida terminou no 0 a 0.

Pela próxima rodada do Campeonato Espanhol, o Barcelona terá pela frente a Real Sociedad, fora de casa, às 17h (de Brasília) do próximo domingo. Enquanto isso, o compromisso do Rayo Vallecano será frente ao Espanyol, novamente longe de seus domínios, às 15h da sexta-feira.

O jogo

No primeiro tempo, entre os reforços do Barcelona que estavam em campo, o brasileiro Raphinha foi o que mais apareceu para o jogo, criando algumas boas jogadas pelo lado direito do ataque espanhol. Porém, em determinado momento, os pontas se inverteram e o ritmo do camisa 22 diminuiu.

Enquanto isso, a grande contratação da equipe para a temporada, o polonês Robert Lewandowski, foi presa fácil para a defesa do Rayo, que tratava de dar pouco espaço ao atacante. Mesmo assim, Lewa chegou a balançar as redes em toque por cobertura, mas o lance foi anulado por impedimento.

No segundo tempo, o treinador Xavi Hernández, logo aos 14 minutos, optou pela saída de Raphinha, que deu lugar ao jovem camisa 10 Ansu Fati. Assim, o primeiro jogo oficial do brasileiro com a camisa do Barça terminou, sem muitos brilhos.

Logo após entrar em campo, Fati obrigou o goleiro Dimitrievski a trabalhar, chutando de primeira após receber passe de Pedri na meia-lua. O goleirão do Rayo ainda teve que sujar o uniforme de novo, agora em chute forte de Sergio Busquets.

No desenrolar do jogo, o tempo ia passado e o Barcelona continuava a pressionar. Nos minutos finais, a equipe empilhava finalizações e chances de gol, mas não aproveitava. Enquanto isso, o Rayo tentava se defender como podia, e conseguiu.

O Barça ainda teria mais um gol anulado, desta vez de Kessié. Além disso, ficou ainda mais difícil para o time quando o capitão Busquest foi expulso por cotovelada no rosto do atacante Falcão Garcia. Não teve jeito. O placar permaneceu no 0 a 0.

Saiba mais sobre o veículo