Com gol de Suárez, Uruguai vence o Paraguai e segue forte na briga por vaga direta na Copa do Mundo | OneFootball

Com gol de Suárez, Uruguai vence o Paraguai e segue forte na briga por vaga direta na Copa do Mundo

Logo: Futebol Latino

Futebol Latino

Na noite desta quinta-feira (27), o Uruguai foi até Assunção e venceu o Paraguai, por 1 a 0. O gol solitário da partida foi marcado por Luis Suárez em lance que teve assistência de Godín. Com o resultado, a Celeste Olímpica chegou aos 19 pontos e assumiu, provisoriamente, a 4ª colocação das Eliminatórias Sul-Americanas. Enquanto isso, os paraguaios seguem com 13, em 9° lugar e veem o sonho de ir à Copa do Mundo cada vez mais longe.

Agora, as duas seleções voltam a campo na próxima terça-feira (1). No estádio Centenário, o Uruguai recebe a Venezuela, às 20h. Por outro lado, às 21h30, o Paraguai vai até o Mineirão enfrentar o Brasil. Ambos os jogos são no horário de Brasília e valem pela 16ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022.

PRIMEIRO TEMPO

Os primeiros 15 minutos da partida foram de muitos movimentos. O Paraguai começou melhor no jogo e impôs seu estilo. Carlos González, de cabeça, criou a primeira finalização de perigo após completar cruzamento de Arzamendía. Por outro lado, o Uruguai, que estava acuado, entrou no duelo também em lance pelo alto. Godín subiu mais que toda a defesa e testou no cantinho. Antony Silva se esticou todo e espalmou. Logo em seguida, Suárez, também por cima completou sobra na área e viu a bola explodir no travessão.

A bola aérea continuou sendo a melhor amiga do Uruguai. Assim, a Celeste Olímpica criou a melhor chance do jogo aos 23 minutos. Em cobrança de escanteio, Godín desviou e viu a bola bater na trave oposta. No rebote, ela se ofereceu para Vecino que, no susto, completou como deu. Entretanto, Antony Silva defendeu antes que ultrapassasse a linha. Pelo chão, os uruguaios tiveram dificuldades de criar e chegaram a cometer erros na defesa, mas que não foram aproveitados pelo Paraguai.

A volta para a segunda etapa seguiu mostrando a seleção do Uruguai melhor no jogo e criando as principais jogadas. Assim, o gol não demorou muito a sair. Aos 4, Godín lançou Suárez nas costas da defesa. El Pistolero deixou a bola quicar e, de primeira, soltou o pé de canhota, fazendo a bola morrer no canto esquerdo de Antony Silva.

Depois do gol sofrido, o Paraguai tentou buscar o empate, mas encontrou muitas dificuldades na armação. Além disso, se deu de frente com uma defesa bem compacta e que cedeu poucos espaços. Enquanto os donos da casa não tiveram muitas chances de marcar, o Uruguai quase matou o jogo em uma bola que sobrou na área e, mesmo de frente para o gol, Oliveira isolou, deixando o jogo em 1 a 0.

Saiba mais sobre o veículo