Com gol brasileiro, Philadelphia Union vence o Portland Timbers fora de casa e mantém a liderança no Leste | OneFootball

Com gol brasileiro, Philadelphia Union vence o Portland Timbers fora de casa e mantém a liderança no Leste

Logo: Território MLS

Território MLS

Em sua segunda visita à Costa Oeste na temporada, o Philadelphia Union fez um gol em cada tempo e passou pelo Portland Timbers, no Oregon

Depois de seis partidas sem triunfar na MLS, sendo cinco empates consecutivos, o Philadelphia Union voltou a vencer na temporada ao bater o Portland Timbers por 2 a 0, no Providence Park, a casa do rival. Os gols foram marcados por Dániel Gazdag, no primeiro tempo e Sérgio Santos, na etapa complementar.

O resultado recolocou o Philadelphia Union, que havia perdido a liderança momentaneamente da Conferência Leste para o New York City FC, com 24 pontos. O Portland Timbers aparece na décima posição na Conferência Oeste, com quinze pontos.

Os dois clubes voltam à campo apenas no próximo sábado (28). O Philadelphia Union viaja até Massachusetts para enfrentar o New England Revolution. Já o Portland Timbers vai cruzar o Estados Unidos e ir até a Flórida para encarar o Inter Miami.

• Quer assistir UM MÊS DE MLS NA FAIXA?Assine AGORA mesmo o DAZN e tenha 30 dias grátis! Clique AQUI!

Sérgio Santos e Julian Carranza celebram o segundo gol do Philadelphia Union sobre o Portland Timbers. (Reprodução/Twitter/Philadelphia Union)

O JOGO

Os primeiros vinte minutos de jogo foram de domínio do Philadelphia Union que, apesar de atuar na casa do Portland Timbers, conseguiu segurar o ímpeto do rival e não demorou muito para abrir o placar. Aos 5’, Nathan Harriel cobrou lateral da direita, Alejandro Bedoya desviou no primeiro pau e o meia-atacante Dániel Gazdag completou para o fundo das redes com uma puxeta, sem chance de defesa para Ivacic.

O gol deixou o Union ainda mais confortável na partida. Aos 11’, Alejandro Bedoya recebeu na área, girou sobre a marcação e bateu firme, mas Ivacic fez a defesa.

Já o Portland teve que realizar sua primeira substituição no jogo por conta da lesão muscular sofrida por Eryk Williamson, que deu lugar à Santiago Moreno, aos 14’.

Aos 19’, os visitantes estiveram próximos do segundo gol, mas os atacantes Sérgio Santos e Julian Carranza, dentro da área dos donos da casa, acabaram desperdiçando suas oportunidades.

Aos poucos, o Portland começou a ganhar o domínio no meio-campo e passou a incomodar a defesa do Union. Aos 26’, após levantamento da direita, o zagueiro Bill Tuiloma ganhou no alto de Jakob Glesnes, mas o desvio acabou saindo pela linha de fundo.

O panorama da partida passou a mostrar o Portland Timbers controlando as ações e o Philadelphia Union tendo mais dificuldades para acertar os contra-ataques.

Aos 41’, Yimmi Chará recebeu próximo à grande área do Union, se livrou da marcação e rolou para Santiago Moreno, mas o chute do meia-atacante acabou saindo por cima do gol de Andre Blake.

Já nos acréscimos do primeiro tempo, Yimmi Chará tocou para Rasmussen próximo da quina da grande área. O chute rasante do lateral-esquerdo levou perigo à meta de Blake, mas acabou indo para a linha de fundo.

Na volta do segundo tempo, a estrela do brasileiro Sérgio Santos brilhou, aos 47’. Pressão do Philadelphia Union, Kai Wagner descolou cruzamento precioso na cabeça do camisa 17, que subiu mais do que a marcação e testou para o fundo do gol de Ivacic.

Logo após o gol, Sérgio Santos sentiu uma pancada e teve que dar lugar à Paxten Aaronson.

A vantagem de 2 a 0 deixou o Philadelphia Union bastante tranquilo em campo e o time fez o que melhor sabe realizar: recuar suas linhas e adotar postura reativa. Já o Portland Timbers se lançou ao ataque, mas sem levar perigo à meta de André Blake.

Para aumentar ainda mais o poderio ofensivo do Portland, o técnico Giovanni Savarese resolveu sacar Rasmussen e Paredes para colocar Mabiala e Loría, respectivamente. Aos 69’, os donos da casa chegaram a diminuir com Sebastian Blanco, mas o VAR apontou impedimento do ataque dos Timbers.

Os minutos finais foram muito volume de jogo do Portland Timbers, mas sem perigo real contra a meta de André Blake. Bem postado defensivamente, o Philadelphia Union anulava as investidas do adversário. A situação mudou um pouco já próximo do final do jogos.  Aos 85’, o Portland assustou Blake, que fez grande defesa na batida seca de Yimmi Chará, dentro da grande área. Cinco minutos depois, Bill Tuiloma completou cruzamento de primeira e o goleiro do Union voltou a aparecer em grande estilo, impedindo o gol dos donos da casa.

MELHORES MOMENTOS

Em instantes

FICHA TÉCNICA

Portland Timbers – 0 Ivacic; Van Rankin (Ayala), Dario Zuparic, Bill Tuiloma e Rasmussen; Paredes, Diego Chará e Eryk Williamson (Santiago Moreno); Yimmi Chará, Sebastian Blanco e Nathan Fogaça. Téc: Giovanni Savarese

Philadelphia Union – 2 Andre Blake; Nathan Harriel, Jakob Glesnes, Jack Elliott e Kai Wagner; Jose Martínez, Leon Flach, Alejandro Bedoya e Dániel Gazdag; Sérgio Santos (Paxten Aaronson) e Julian Carranza (Cory Burke). Téc: Jim Curtin

Gols: Dániel Gazdag e Sérgio Santos (PHI) Cartões amarelos: Nathan Harriel, Julian Carranza e Cory Burke (PHI), Diego Chará (POR)

(Capa: Reprodução/Twitter/Philadelphia Union)

Saiba mais sobre o veículo