Com desfalques no meio de campo, volante da base do Corinthians deve ganhar chance contra o Boca | OneFootball

Com desfalques no meio de campo, volante da base do Corinthians deve ganhar chance contra o Boca

Logo: Central do Timão

Central do Timão

  1. Por Tatiana Carvalho / Redação da Central do Timão

Para a partida contra o Boca Juniors, nesta terça-feira (28), às 21h30 (de Brasília), na Neo Química Arena, pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, o Corinthians pode ter uma novidade no meio-campo: o volante Roni.

Com os desfalques de Maycon e Paulinho, que estão lesionados, Cantillo, que irá cumprir suspensão por conta de expulsão na fase de grupos, e Du Queiroz, que é dúvida por conta de um desconforto sentido contra o Santos, o camisa 29 deve ser o escolhido de Vítor Pereira. Inclusive, ele foi o titular no clássico contra o Santos, no último sábado, pelo Brasileirão.

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Após o empate por 0 x 0 no Clássico Alvinegro, Roni disse que sempre busca estar preparado para agarrar as oportunidades no Corinthians. O meio-campista também afirmou que vem trabalhando a parte psicológica e que procura seguir o exemplo de Giuliano dentro do elenco alvinegro.

Vou estar sempre preparado, treinando, melhorar fisicamente, psicologicamente, tecnicamente, para quando a oportunidade aparecer. Independente se for jogar ou não, tenho que estar pronto, visto uma camisa muito pesada e é meu dever sempre estar pronto”, declarou o jogador na zona mista da Neo Química Arena.

Todo jogador precisa melhorar psicologicamente, na parte pessoal e na parte de pensar. Hoje tenho um exemplo no grupo sensacional, que é o Giuliano. O que tenho aprendido com ele é sensacional. Quando a gente se apega aos mais experientes, a gente muda rapidamente a nossa cabeça”, complementou.

Roni fez sua estreia nesta Libertadores na última partida da fase de grupos da competição, contra o Always Ready, na Neo Química Arena. Nesta temporada, o volante entrou em campo em 14 ocasiões, sendo 11 sob o comando do técnico português Vítor Pereira. Ele atuou em todas as competições disputadas, mas ainda não contribuiu para gols.

Veja mais:

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo