Clube chinês veta e Palmeiras Feminino não conclui empréstimo de zagueira da Seleção

Logo: Nosso Palestra

Nosso Palestra

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fi2.wp.com%2Fnossopalestra.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F04%2Frafaelle.jpg%3Ffit%3D1638%252C1080%26ssl%3D1&q=25&w=1080

A zagueira Rafaelle Souza tinha um acerto verbal com o Palmeiras Feminino para assinar um contrato de empréstimo até o dia 30 de junho, conforme apurado pelo NOSSO PALESTRA nos últimos dias. Contudo, segundo publicação da própria jogadora em seu Twitter, o Changchun Dazhong-CHI, que havia liberado a atleta para o período de três meses no Brasil, voltou atrás na decisão e vetou qualquer tipo de acordo até o meio do ano. Desta forma, o negócio está suspenso.

– Só para deixar claro aqui: meu time, que tinha aceitado me emprestar nesses três meses, acabou voltando atrás e definiu que não me liberará, pelo menos até o meio do ano. Eu já tinha conversado com alguns times do Brasil e do exterior, mas nada se concretizou até o momento – anunciou Rafaelle.

Conheça o canal do Nosso Palestra no YouTube! Clique aqui.
Siga o Nosso Palestra no Twitter e no Instagram / Ouça o NPCast!

A zagueira atualmente está treinando junto com o time feminino do Bahia, por não ter a possibilidade de retornar à China devido à pandemia de Covid-19. A ideia do empréstimo ao Verdão seria não perder ritmo de jogo para que, quando retornasse ao Changchun, estivesse em plenas condições de atuar. Seu futuro, no momento, segue indefinido.

LEIA MAIS:

  1. EXCLUSIVO: Katrine fala sobre o Palmeiras: ‘É uma oportunidade de crescer como atleta e como pessoa’
  2. Palmeiras feminino promove oito atletas da base para o elenco profissional em 2021
  3. Palmeiras tem jogadora do elenco de 2020 no time ideal do Sub-20 sul-americano