Chelsea sofre virada do West Ham e tem liderança ameaçada no Inglês | OneFootball

Chelsea sofre virada do West Ham e tem liderança ameaçada no Inglês

Logo: Jogada10

Jogada10

Em uma partida de tirar o fôlego, o West Ham venceu o Chelsea por 3 a 2, de virada, na manhã deste sábado, no Olímpico de Londres, pela 15ª rodada do Campeonato Inglês. Os Blues ficaram duas vezes na frente do placar com gols de Thiago Silva e Mount, mas os Hammers não se intimidaram diante do líder, buscaram o resultado e venceram com gols de Lanzini, Bowen e Masuaku.

West Ham e Chelsea protagonizaram um jogo muito disputado em Londres – Julian Finney/Getty Images

Com a derrota, o Chelsea ficou com a liderança ameaçada. Os Blues seguem em primeiro lugar, com 33 pontos, mas podem ser superados por Manchester City e Liverpool, que ainda jogam na rodada, contra Watford e Wolverhampton, respectivamente, fora de casa. Já o West Ham, se manteve em quarto lugar e chegou aos 27 pontos.

Na próxima rodada, o Chelsea volta ao Stamford Bridge após duas partidas fora de casa e recebe o Leeds United, no sábado, às 12h. Já o West Ham visita o Burnley, às 11h, no domingo.

Thiago Silva marcou, mas não evitou a derrota do Chelsea – Alex Pantling/Getty Images

Primeiro tempo

O primeiro tempo foi agitado em Londres. O West Ham não se intimidou diante do líder do campeonato, adotou uma marcação alta e deu dor de cabeça à defesa do Chelsea. Nos primeiros 10 minutos, a pressão sobre a zaga dos Blues quase deu resultado após vacilos de Thiago Silva, mas as finalizações de Bowen e Soucek foram para fora.

Por outro lado, o West Ham dava espaços para o Chelsea, que chegava com mais perigo no ataque. Ziyech e Havertz tiveram as melhores chances, mas pararam em boas defesas de Fabianski. Entretanto, o goleiro polonês não conseguiu impedir o gol de Thiago Silva, aos 27 minutos. Após escanteio, o zagueiro brasileiro cabeceou para o chão e tirou do alcance do arqueiro para abrir o placar.

O West Ham, no entanto, não sentiu o golpe. No minuto seguinte, quase o empate saiu dos pés de Coufal, mas Thiago Silva salvou em cima da linha. A pressão dos Hammers deu certo aos 37 minutos, quando Jorginho recuou na fogueira para o goleiro Mendy, que fez pênalti em Bowen. Na cobrança, Lanzini igualou o placar.

Enquanto o ataque do West Ham fazia uma boa partida, a defesa, no entanto, não se encontrava. Perto do fim da primeira etapa, Mount recebeu lançamento de Ziyech e acertou belo chute de primeira para estufar as redes do goleiro Fabianski e colocar o Chelsea em vantagem antes do intervalo.

West Ham conquistou uma importante vitória contra o líder e segue no G-4 do Campeonato Inglês – Alex Pantling/Getty Images

Segundo tempo

Na etapa final, o jogo foi mais disputado e com menos oportunidades. Em desvantagem, o West Ham precisou correr atrás do resultado e chegou ao empate logo aos dez minutos, quando Bowen recebeu de Coufal na entrada da área e acertou belo chute no canto direito de Mendy para igualar o placar. O meia inglês quase virou aos 29, mas não aproveitou o passe de Antonio.

O Chelsea não conseguiu se encontrar no segundo tempo. Os Blues só ameaçaram em dois chutes, com Mount, aos 20, e Jorginho, aos 31. Mas não foi o suficiente para superar um insistente West Ham. A entrega do time de David Moyes foi premiada aos 41, quando Masuaku cruzou da direita e contou com desvio em Loftus-Cheek para enganar Mendy e garantir a vitória.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Saiba mais sobre o veículo