CBF veta Flamengo de escalar jogadores recuperados de Covid contra o Santos | OneFootball

CBF veta Flamengo de escalar jogadores recuperados de Covid contra o Santos

Logo: Jogada10

Jogada10

O Flamengo deve seguir com uma grande lista de desfalque para o duelo contra o Santos, no próximo sábado (02), às 19h, na Vila Belmiro, pela décima quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Isso porque a CBF não autorizou a volta dos jogadores que testaram positivo para Covid-19   na última segunda-feira (27) e que possam, na contraprova, apresentar-se negativados.

Dorival tem sete atletas fora por conta da Covid-19 – Nathã Soares/Flamengo

De acordo com o guia médico disponibilizado pela CBF, a entidade só aceita recurso se os atletas estiverem assintomático há 24 horas e apresentar teste negativo com atestado médico no sétimo dia. O dia limite seria no próximo domingo, um dia após o confronto contra o Peixe.

“O período obrigatório de isolamento respiratório nos indivíduos com teste positivo para o diagnóstico de Covid-19 é de 10 dias a contar da data da coleta (D1). O departamento médico terá a prerrogativa, às expensas do clube, de realizar o teste pesquisa de antígenos ou teste RT-PCR a partir do sétimo dia (D7), se o indivíduo estiver sem sintomas respiratórios, afebril e sem uso de medicamentos nas últimas 24 horas”, informou o guia médico da CBF.

No atual momento, o Rubro-Negro conta com Diego Alves, Willian Arão, Kauã, Matheus Cunha e Daniel Cabral isolados e cumprindo o protocolo. Já Matheus França e Fabrício Bruno testaram negativo na última testagem e estão sem sintomas. Mesmo que a contraprova dos atletas mostre o resultado negativo, o Flamengo terá que fazer os atletas cumprirem o período de sete dias isolados.

Recentemente, o Palmeiras viveu um caso parecido quando o técnico Abel Ferreira havia testado positivo para a Covid-19 e a CBF vetou a presença do treinador no duelo contra o São Paulo, pela Copa do Brasil. O clube alegou que havia um trecho que desobrigava atletas e comissão técnica a realizarem o teste PCR antes dos jogos em pessoas assintomáticas. O recurso foi negado pela entidade.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo