Casemiro fala sobre duelo contra Suíça e possíveis substitutos para posições de Neymar e Danilo | OneFootball

Icon: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

·26 de novembro de 2022

Casemiro fala sobre duelo contra Suíça e possíveis substitutos para posições de Neymar e Danilo

Imagem do artigo:Casemiro fala sobre duelo contra Suíça e possíveis substitutos para posições de Neymar e Danilo

A estreia do Brasil diante da Sérvia na última quinta-feira levantou bastantes elogios, tanto na parte ofensiva, quanto no setor defensivo. O camisa 5 da Seleção Brasileira, Casemiro, ressaltou a dinâmica do sistema da zaga na equipe do Brasil e projetou como atuar contra a Suíça.

– Muitas pessoas falam do sistema defensivo, que é a linha de quatro, primeiro volante, mas eu sempre gosto de falar que o sistema defensivo começa com o Richarlison, Gabriel Jesus, Pedro. A bola estourando lá, fica mais fácil para nós defendermos. Sem dúvida é importante para nós o trabalho que eles fazem lá na frente para a bola chegar mais tranquila atrás, para estarmos preparados lá atrás. O primeiro star, que nós falamos no futebol, é o nove lá na frente junto com os atacantes de beiradas que temos – comentou.

O Brasil enfrenta a Suíça na próxima segunda-feira (28), às 13h (horário de Brasília), em partida válida pelo grupo G, no estádio 974, em Doha. Casemiro falou ele vê diferenças entre Sérvia e o adversário de segunda.

– Cada seleção tem a sua forma de jogar, né. É inevitável falar que a Sérvia joga igual a Suíça, porque os jogadores não são iguais e o sistema também não. Dentro disso, o que cabe é o nosso trabalho, como iremos encarar esse jogo. Independente da seleção, o mais importante somos nós, fazer um bom jogo e começar bem. Até mesmo aquele nervosismo do primeiro tempo já passou, que foi normal. Então o mais importante é a nossa atitude dentro do campo. Precisa perguntar lá pro treinador deles para ver o que vão fazer contra nós. Isso é Copa, não tem oportunidade para errar. É mata, não é mata-mata. Tem que estar preparado para eles se defendendo atrás, com o ônibus lá atrás, e até mesmo pressionar lá em cima. Mas aí temos que sentir o que vai acontecer em campo – disse.

A Seleção terá dois desfalques importantes pelo menos nesta fase de grupos: Neymar e Danilo. Casemiro falou sobre o apoio de todos aos jogadores à dupla e se as ausências afetam a estabilidade emocional do grupo.

+ Para saber tudo sobre a Copa do Mundo – Qatar 2022, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram

– Se ficarmos falando do Neymar, vamos falar dias e dias da qualidade dele, da importância dele. Isso é inevitável. É o grande jogador, o craque do time, quem faz diferença. Mas temos outros jogadores que estão correspondendo à altura, tem Vini, Richarlison, Raphinha, Jesus. Nós lá de trás até brincamos, às vezes dá até pena do adversário. Você tira Raphinha, coloca Antony, sai Richarlison, entra Jesus, Martinelli, o leque é bem grande. Isso é bom para nós. Temos que ser realistas em falar que o Neymar é o craque do time – comentou Casemiro.

– Eu falo com total liberdade e sinceridade, os dois estão trabalhando. Nem vieram para o centro de treinamento, ficaram no hotel, estão treinando de manhã, tarde e de noite. Estão fazendo o maior esforço do mundo. Tem que valorizar isso. Mas isso é clínico, tem que ver como vai ser a recuperação no dia a dia. Estão trabalhando para voltar o quanto antes. Mas como eu falei, tem que ir com cuidado, é uma lesão, até mesmo para não prejudicar a saúde do atleta. Tenho certeza de que nossa comissão técnica, junto com o estafe, vão fazer o melhor para eles voltarem o quanto antes e 100%. Sabemos que eles, 100%, são muito importantes para nós – disse.

Saiba mais sobre o veículo