Carrasco do Verdão, Espanha forte e joias: as listas para Tóquio 2020 | OneFootball

Carrasco do Verdão, Espanha forte e joias: as listas para Tóquio 2020

Logo: OneFootball

OneFootball

OneFootball

Os Jogos Olímpicos de Tóquio estão virando a esquina.

Com as partidas do futebol masculino começando no  dia 22, as seleções fecharam suas convocações em busca de medalhas olímpicas.

Nesta segunda (5), a seleção alemã anunciou os convocados com um vídeo fazendo referência ao desenho Super Campeões.

OneFootball, então, aproveita e apresenta para você as listas das principais candidatas a tirar o posto de campeão do Brasil.

Será que vem o bicampeonato para André Jardine e companhia?


Grupo A

Japão

Os donos da casa vão confiantes em busca do ouro.

Entre os principais destaques estão o zagueiro Yoshida, com larga carreira na Premier League pelo Southampton, e a joia do Real Madrid, Kubo.

Será que eles repetem 2016 com o país-sede campeão olímpico?

Confira:

  • Goleiros: Keisuke Osako (Sanfrecce Hiroshima), Kosei Tani (Shonan Bellmare)
  • Defensores: Maya Yoshida (Sampdoria), Hiroki Sakai (Urawa Reds), Kou Itakura (Groningen), Yuta Nakayama (PEC Zwolle), Reo Hatate (Kawasaki Frontale), Takehiro Tomiyasu (Bologna), Daiki Hashioka (Sint-Truiden)
  • Meio-campistas: Wataru Endo (Stuttgart), Yuki Soma (Nagoya Grampus), Koji Miyoshi (Antwerp), Kaoru Mitoma (Kawasaki Frontale), Ritsu Doan (PSV Eindhoven), Ao Tanaka (Kawasaki Frontale), Takefusa Kubo (Real Madrid)
  • Atacantes: Daizen Maeda (Yokohama F Marinos), Ayase Ueda (Kashima Antlers)

França

Na França, o principal nome é um carrasco do Palmeiras.

Gignac, do Tigres, marcou o gol que eliminou o Verdão da briga pelo título do Mundial de Clubes de 2020.

Além dele, Thauvin, que acertou recentemente com o clube mexicano, também está entre os convocados.

Confira:

  • Goleiros: Stefan Bajic (Saint-Etienne), Paul Bernardoni (Angers), Dimitry Bertaud (Montpellier)
  • Defensores: Melvin Bard (Lyon), Anthony Caci (Strasbourg), Ismael Doukoure (Valenciennes), Pierre Kalulu (AC Milan), Clement Michelin (Lens), Timothee Pembele (Paris Saint-Germain), Modibo Sagnan (Real Sociedad)
  • Meio-campistas: Alexis Beka Beka (Caen), Jeremy Gelin (Rennes), Enzo Le Fee (Lorient), Teji Savanier (Montpellier), Florian Thauvin (Tigres), Lucas Tousart (Hertha Berlin)
  • Atacantes: Andre-Pierre Gignac (Tigres), Randal Kolo Muani (Nantes), Isaac Lihadji (Lille), Nathanael Mbuku (Reims), Arnaud Nordin (Saint-Etienne)

México

Não tem como não colocar o México entre uma das concorrentes com o Brasil.

Eles provaram mais de uma vez que são adversários duros, basta lembrar de Londres 2012.

Entre os destaques do time, o eterno goleiro Ochoa e Lainez, um dos principais nomes do Bétis na última temporada.

Confira:

  • Goleiros: Sebastian Jurado, Luis Malagon, Guillermo Ochoa
  • Defensores: Erick Aguirre, Alberto Angulo, Gerardo Arteaga, Cesar Montes, Jorge Sanchez, Johan Vasquez
  • Meio-campistas: Roberto Alvarado, Ricardo Angulo, Uriel Antuna, Fernando Beltran, Sebastian Cordova, Jose Joaquin Esquivel, Diego Lainez, Carlos Rodriguez, Luis Romo
  • Atacantes: Eduardo Aguirre, Henry Martin, Jose Juan Macias, Alexis Vega

Grupo C

Argentina

Sem poder convocar jogadores envolvidos na disputa das oitavas da Libertadores, a Argentina vem com um elenco mais “humilde”.

Os destaques são jovens que despontaram recentemente no futebol local, como Barco, do Atlanta United, e Almada, do Vélez.

Ainda assim, tem aquela história: Argentina é Argentina.

Confira:

  • Goleiros: Jeremías Ledesma, Lautaro Morales, Joaquín Blázquez
  • Defensores: Hernán De la Fuente, Marcelo Herrera, Nehuén Pérez, Leonel Mosevich, Facundo Medina, Francisco Ortega, Claudio Bravo
  • Meio-campistas: Fausto Vera, Santiago Colombatto, Tomás Belmonte, Martín Payero, Fernando Valenzuela, Alexis Mac Allister, Thiago Almada, Esequiel Barco
  • Atacantes: Agustín Urzi, Pedro De La Vega, Adolfo Gaich, Ezequiel Ponce

Espanha

Talvez um dos elencos mais recheados da competição ao lado do Brasil.

Dos 22 jogadores chamados, seis estão com a seleção principal para a disputa da Euro 2020.

Isso sem falar das presenças de Asensio e Ceballos, do Real Madrid, como jogadores veternos.

Confira:

  • Goleiros: Álvaro Fernández (Huesca), Unai Simón (Athletic Bilbao), Ivan Villar (Celta)
  • Defensores: Óscar Mingueza (Barcelona), Jesús Vallejo (Granada), Eric García (Barcelona), Pau Torres (Villarreal), Óscar Gil (Espanyol), Juan Miranda (Real Betis)
  • Meio-campistas: Marc Cucurella (Getafe), Jon Moncayola (Osasuna), Martín Zubimendi (Real Sociedad), Dani Ceballos (Real Madrid), Mikel Merino (Real Sociedad), Carlos Soler (Valencia), Pedri González (Barcelona)
  • Atacantes: Bryan Gil (Sevilla), Marco Asensio (Real Madrid), Dani Olmo (Leipzig), Mikel Oyarzabal (Real Sociedad), Rafa Mir (Wolverhampton Wanderers), Javier Puado (Espanyol)

Grupo D

Brasil

O Brasil também vem forte em busca do bicampeonato após conquistar o ouro em 2016.

André Jardine teve problemas com liberação de alguns jogadores, mas terá dois nomes que estão com a seleção principal na Copa América.

Douglas Luiz e Richarlison vão do Brasil ao Japão em busca de mais uma medalha.

Confira:

  • Goleiros: Santos (Athletico-PR), Brenno (Grêmio), Lucão (Vasco)
  • Defensores: Daniel Alves (São Paulo), Gabriel Menino (Palmeiras), Guilherme Arana (Atlético-MG) e Abner (Athletico), Gabriel Magalhães (Arsenal), Nino (Fluminense), Diego Carlos (Sevilla), Bruno Fuchs (CSKA)
  • Meio-campistas: Douglas Luiz (Aston Villa), Bruno Guimarães (Lyon), Douglas Augusto (PAOK), Claudinho (Red Bull Bragantino), Matheus Henrique (Grêmio), Reinier (Borussia Dortmund)
  • Atacantes: Matheus Cunha (Hertha Berlim), Martinelli (Arsenal), Antony (Ajax), Paulinho (Bayer Leverkusen), Richarlison (Everton)

Alemanha

Por fim, mas não menos importante: a atual vice-campeã olímpica.

Entre os veteranos, a Alemanha selecionou dois destaques da última Bundesliga.

São eles o armador Maximilian Arnold, do Wolfsburg, e o atacante Max Kruse, do Union Berlin.

Confira a lista completa:

  • Goleiros: Svend Brodersen (Yokahama), Florian Müller (Estugarda), Luca Plogmann (Werder Bremen)
  • Defensores: Benjamin Henrichs (Leipzig), Amos Pieper (Arminia Bielefeld), David Raum (Hoffenheim), Jordan Torunarigha (Hertha Berlin), Felix Uduokhai (Augsburgo), Josha Vagnoman (Hamburgo)
  • Meias: Nadiem Amiri (Bayer Leverkusen), Maximilian Arnold (Wolfsburgo), Niklas Dorsch (Gent), Ismail Jakobs (Colónia), Eduard Löwen (Bochum), Arne Maier (Hertha Berlin), Anton Stach (Greuther Fürth)
  • Atacantes: Max Kruse (Union Berlin), Marco Richter (Augsburg), Cedric Teuchert (Union Berlin)

Foto de destaque: IMAGO / NurPhoto