Canadá vence o Brasil nos pênaltis e avança nas Olimpíadas

Logo: FNV Sports

FNV Sports

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fwww.fnvsports.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F07%2FCanada-x-Brasil.jpeg&q=25&w=1080

O Canadá venceu o Brasil, por 4 x 3, nos pênaltis, nesta sexta-feira (30), em Miyagi, e está na semifinal do Futebol Feminino nas Olimpíadas. A saber, após empate, em 0 x 0, no tempo normal, a partida foi para a prorrogação. Já que o placar permaneceu o mesmo, a decisão foi para as penalidades máximas. Assim sendo, as canadenses levaram a melhor nas cobranças e seguem na competição.

1º TEMPO

A primeira chegada foi do Canadá, aos três minutos, em cobrança de falta. Assim sendo, após a batida, Gilles tentou o cabeceia. Mas a bola foi fraca e a goleira Bárbara defendeu sem problemas. Ao passo que, aos 11’, Quinn chutou de primeira e mandou por cima do gol. Já a primeira boa oportunidade do Brasil foi aos 14’, com Tamires. Assim sendo, a lateral recebeu o passe de Marta e chutou. No entanto, também mandou para fora.

Em busca do primeiro gol, as canadenses chegaram, aos 24’, com Fleming, que chutou à direita do gol. Bem como Beckie, aos 28’. Posteriormente, aos 33’, o VAR entrou em ação para checar um possível pênalti para as brasileiras. Todavia, após análise, a árbitra marcou impedimento no lance e a penalidade foi anulada. Antes que o primeiro tempo terminasse, aos 40’, Debinha roubou a bola na área, mas demorou para decidir e a goleira Labbé fez o corte.

2º TEMPO

Aos nove minutos, o Brasil foi ao ataque com Andressinha. Dessa maneira, a volante recebeu o passe de Marta e chutou. Contudo, Labbé defendeu sem sustos. Bem como aos 11’, em cabeçada de Rafaelle. Ao passo que a resposta do Canadá foi aos 13’, na bola parada. Posto que, após cobrança de falta, Gilles cabeceou no travessão.

Já as brasileiras assustaram novamente aos 25’, com Debinha. Posto que a atacante chutou cruzado e Labbé mandou para escanteio. Posteriormente, aos 33’, Marta cobrou falta e a goleira se enrolou. Mas a defesa conseguiu afastar o perigo na sequência. Posteriormente, aos 40’, boa chance para as canadenses. Dessa forma, Rose recebeu o passe na área, mas Érika conseguiu chegar a tempo.

PRORROGAÇÃO – CANADÁ X BRASIL

No tempo extra, as equipes seguiram tentando abrir o placar. Destaque para a cabeçada de Gilles, aos quatro minutos do primeiro tempo, que foi por cima do travessão. Ao passo que, no segundo tempo, aos sete, Andressa tocou para Debinha, que chutou e a bola saiu raspando. Por fim, aos 12’, Érika cabeceou e Labbé espalmou para escanteio. Dessa maneira, a decisão foi para as penalidades máximas.

DISPUTA DE PÊNALTIS – CANADÁ X BRASIL

O Brasil começou bem. Visto que Bárbara defendeu a cobrança de Sinclair. Bem como Marta converteu a primeira do Brasil. Fleming marcou para o Canadá. Mas Debinha também deixou o dela, mantendo as brasileiras em vantagem. Lawrence também balançou as redes. Assim como Érika. Leon converteu sua cobrança, empatando, em 3 x 3. No entanto, Labbé defendeu a de Andressa Alves e Gilles colocou as canadenses em vantagem. Por fim, a goleira também fez a defesa em chute de Rafaelle. Assim sendo, o Canadá ficou com a vaga para a semifinal.

CANADÁ X BRASIL – E AGORA?

Com o resultado, o Canadá está classificado para as semifinais. A saber, as canadenses enfrentam os Estados Unidos na próxima fase do futebol feminino. Visto que as americanas bateram a Holanda. Aliás, também nos pênaltis. Assim sendo, o duelo será na próxima segunda-feira (8), no Ibaraki Kashima, às 05h (horário de Brasília). Ao passo que o Brasil se despede da competição.

MELHORES MOMENTOS – CANADÁ X BRASIL

Foto destaque: Divulgação/Seleção canadense

Saiba mais sobre o veículo