Burnley x Arsenal – Melhores momentos e resultado | OneFootball

Burnley x Arsenal – Melhores momentos e resultado

Logo: PL Brasil

PL Brasil

O Arsenal venceu sua segunda partida consecutiva por 1 x 0 neste sábado (18) pela Premier League 2021/22. Os Gunners superaram o Burnley com um golaço de falta do dinamarquês Martin Odegaard, em partida válida pela 5ª rodada do Campeonato Inglês, disputada no Turf Moor.

Burnley x Arsenal – Os melhores momentos

EM BREVE

1º tempo: donos da casa jogam bem, mas sofrem com qualidade de Odegaard

Montado em seu característico 4-4-2, o Burnley teve pela frente um Arsenal montado com um meio-campo leve: apenas Thomas Partey na marcação, tendo Smith-Rowe e Odegaard a frente. Mas isso não intimidou os donos da casa. Com nove minutos os Clarets finalizaram a primeira vez com Ashley Barnes após bom lançamento do goleiro Pope. O atacante venceu a disputa com a defesa londrina, porém chutou por cima do gol.

Posteriormente, o atacante inglês teve outra chance. Cruzamento na medida de Westwood encontrou Barnes sozinho próximo a marca do pênalti. Mas o jogador do Burnley não conseguiu colocar direção no cabeceio. Poucos minutos depois, o próprio Ashley Barnes tomou o primeiro cartão amarelo do jogo após deixar o braço no rosto de Smith-Rowe.

Com quase meia hora de jogo, o Arsenal enfim teria sua grande oportunidade, pois Bukayo Saka carregou a bola na entrada da área e tinha muito espaço. Entretanto, Ashley Westwood tocou por trás no jogador, cometeu a falta e tomou cartão amarelo. A cobrança frontal, um pouco a frente da meia-lua da área, tinha Aubameyang, Partey e Odegaard como opções para bater, mas quem foi para a bola foi o dinamarquês, que de canhota colocou a bola no ângulo. A contratação de 35 milhões de libras decidindo para os Gunners.

O Burnley respondeu logo em seguida com cruzamentos perigosos dentro da área do time londrino. Porém, só exigiu defesa de Ramsdale aos 39 minutos após finalização de Gudmundsson. Os Gunners ainda tentaram no último minuto, mas o chute de Smith-Rowe passou por cima do gol.

2º tempo: VAR anula pênalti, e Arsenal assegura vitória

Com apenas cinco minutos os donos da casa já exigiram trabalho para defesa dos Gunners. Rondando a área, Gudmundsson tentou finalização perigosa mas foi bloqueado. Na sequência do lance Westwood recebeu cruzamento na segunda trave e chutou fraco de voleio, fácil para Ramsdale encaixar. Como resposta, o Arsenal realizou uma boa troca de passes com Saka e Aubameyang, que deixou Smith-Rowe dentro da área, porém o jovem chutou fraquinho.

Aos 12′, o técnico Sean Dyche trocou Gudmundsson e Barnes por Maxwel Cornet e Matej Vydra, respectivamente. E poucos minutos depois de entrar, o marfinense Cornet garantiu a melhor chance do Burnley após receber passe do adversário Gabriel Magalhães e chutar colocado, exigindo que Ramsdale afastasse para escanteio.

Mikel Arteta teve que promover a entrada do belga Albert Lokonga no lugar de Smith-Rowe, que pediu para sair. Com 21 minutos, o Arsenal teve sua segunda finalização à gol na partida. Aubameyang deu um passe muito forte para Nicolas Pepe dentro da área, a única alternativa do marfinense foi chutar em cima do goleiro Pope. Logo na sequência o zagueiro de 50 milhões de libras Ben White vacilou e deixou Vydra cara a cara com Ramsdale, e na disputa entre os jogadores o árbitro marcou pênalti.

Mas em consulta ao árbitro de vídeo ficou claro que Ramsdale toca primeiro na bola e depois no jogador dos Clarets, ou seja, o pênalti foi anulado. O Burnley bem que tentou até o final do jogo, mas não conseguiu furar a defesa do Arsenal.

Burnley x Arsenal – O que acontece agora?

Na vice lanterna, o Burnley terá parada dura no próximo sábado (25), pois enfrenta o Leicester, fora de casa. Entretanto, antes disso terá o Rochdale na terceira rodada da Carabao Cup na próxima terça-feira (21). Já o Arsenal pega o Wimbledon na Copa da Liga, e, posteriormente, faz o clássico de Londres com o Tottenham no domingo (26).

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo