Bruno Lopes, novo técnico do sub-23 do Bahia, comentou sobre sua estratégia de jogo a implementar no clube: ‘Minha ideia é de jogo ofensivo’

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fesportenewsmundo.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F06%2FD340EE68-993B-4792-AE3A-799DC1E5CAAA.jpeg&q=25&w=1080

O treinador português Bruno Lopes, novo técnico da equipe sub-23 do Bahia, concedeu entrevista para o Programa do Esquadrão na tarde desta quarta-feira (16). Sobre sua ideia de jogo, o novo treinador falou sobre esperar um jogo ofensivo com intensidade e agressividade.

“Para ser mais simples possível, em termo de formação, não existe formação preferida. Acredito em conceito de jogos, e temos que avaliar o plantel, se encaixa no sistema. Não existe um sistema preferido. Acredito que, hoje em dia, a equipe tem que saber se adaptar. Tive oportunidade de ver a equipe profissional do Bahia, que joga no 4-3-3 e 4-2-3-1, e um sistema muito volátil. Acredito que minha ideia é de jogo ofensivo, que tenha atitude dominadora, intensidade e dinâmica coletiva, perceber onde estão os espaços. Ao mesmo tempo, o jogador é que tem que decidir. O treino é a forma mais eficaz de fazer o jogador passar por múltiplas situações. É uma equipe dominante e que tenha atitude agressiva que busque fazer gols e não sofrer”, disse.

O treinador que desembarcará em Salvador na próxima sexta-feira (18), demonstrou muita empolgação em poder treinar jogador brasileiro, e já pôde observar a equipe:

“Tive oportunidade de ver o jogo contra os nossos rivais. Obviamente não quero falar individualmente dos jogadores. E uma ideia global da equipe é positiva. […] Ideia é que tenho que jogador brasileiro tem muita qualidade. É cultural. Tecnicamente é muito evoluída. Experiência de trabalhar com jogadores brasileiros em Portugal foi muito positiva. A ideia que eu tenho que é todos os jogadores foram fantásticos. Jogadores com paixão muito grande pelo jogo”, comentou.

O técnico falou a respeito do futebol praticado no Brasil e em Portugal.

“Em termos técnicos é semelhante, até pela influência do Campeonato Português. Em termos táticos, se é mais exigente em Portugal, jogo é mais fechado. As principais diferentes é o espaço para jogar e a intensidade do jogo. Em Portugal e Europa, o jogo é mais intenso. O clima também tem influência nisso”

Para saber tudo sobre o Campeonato Brasileiro, siga o Esporte News Mundono TwitterFacebook e Instagram.

Nascido em Coimbra, Lopes tem 37 anos e é treinador com Licença A da Uefa. O técnico dirigiu o sub-23 do Portimonense. Confira alguns números do site português de estatísticas zerozero.pt :

  • Portimonense sub-23 – Liga Revelação – 47 jogos, 16 triunfos, 11 empates, 20 derrotas. 76 gols marcados, 82 sofridos
  • Cefn Druids – 1ª divisão do País de Gales – 19 jogos, 3 triunfos, 3 empates, 13 derrotas. 20 gols marcados, 45 gols sofridos
  • Portimonense principal (interino) – Liga Portuguesa – 3 jogos, 3 derrotas. 2 gols marcados, 5 gols sofridos.

O vice-presidente, Vitor Ferraz, também participou do Programa do Esquadrão e comentou sobre a escolha do treinador e o objetivo de diminuir a média de idade do time de base.

“Partiu de uma reflexão sobre o que a gente pensava sobre o processo do transição e qual perfil a gente entendia que deveríamos buscar nessa etapa desse processo. Partindo do que Chávare falou sobre diminuir a faixa etária e aumentar a presença da nossa base no transição, a gente foi compreender as escolas das formações de treinadores e encontramos na escola portuguesa. Buscamos nomes, fizemos conversas até que tivemos a oportunidade de fazer conversas com o Bruno e, de maneira unânime, entendemos que Bruno era o nome que preenchia os requisitos. Ficamos impressionados com o que vimos e o que levantamos de informações”, disse.

O dirigente mostrou-se bastante satisfeito e empolgado com o novo técnico.

“A gente está satisfeito pela escolha por Bruno. Foi uma escolha dos dois lados e estamos animados. Tenho certeza que vamos fazer um trabalho interessante”, indicou.

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=690&image=https%3A%2F%2Fcontrole.esportenewsmundo.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F06%2F49368728163-7e4d971af8-o.jpg&q=25&w=1080

O time de transição jogará na próxima quinta-feira (17), às 15h, contra a Ponte Preta, em Campinas, pelo Brasileirão de Aspirantes. O time ainda será comandado por Eduardo Guadagnucci.

Saiba mais sobre o veículo