Brasileiro acerta com clube que bateu o Real Madrid na Champions | OneFootball

Brasileiro acerta com clube que bateu o Real Madrid na Champions

Logo: Futebol Latino

Futebol Latino

Após uma temporada defendendo o Bahia onde, apesar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, conquistou a Copa do Nordeste, o lateral-direito Renan Guedes acertou com o Sheriff Tiraspol, da Moldávia. O atleta fechou um contrato de dois anos e meio com o clube europeu.

Para Renan, a passagem pelo Esquadrão foi primordial em diversos aspectos para viabilizar sua chegada ao time que ficou marcado pela histórica vitória na fase de grupos da Champions League frente ao Real Madrid, em pleno Santiago Bernabéu.

“(O ano de) 2021 foi um ano muito importante para a minha carreira, pois amadureci como pessoa e como profissional. Tive a felicidade de conquistar a Copa do Nordeste e participar de jogos de alto nível, e isso me deu a oportunidade de chegar com mais bagagem aqui no Sheriff. Infelizmente a temporada não terminou da forma ideal, mas agradeço muito ao Bahia por me abrir as portas”, disse Renan.

Recém-chegado na Moldávia, Renan conta que, por enquanto, não está tendo problemas com a adaptação e que o fato de ter dois brasileiros e um peruano no time do Sheriff têm facilitado. Os atletas citados são os atacantes Vitor Pernambuco e Bruno Felipe além do zagueiro Gustavo Dulanto.

“Minha adaptação está sendo muito tranquila, graças a Deus. Pensei que teria mais dificuldade com a comida, mas a comida deles é muito boa, bem parecida com a nossa. Mas a questão do frio e da língua a gente vai ser adaptando conforme vai passando os dias, e como aqui tem dois brasileiros e um peruano, a adaptação é mais fácil”, avaliou.

Atual líder do Campeonato Moldavo com 44 pontos ganhos, o Sheriff possui 19 títulos nacionais e é o atual heptacampeão. Diante deste cenário, Renan Guedes chega motivado para ajudar o clube a continuar sendo hegemônico no país:

“Minha expectativa é que a gente passe do Braga neste primeiro mata-mata da Europa League e mantenha o Sheriff em alta. Temos totais condições de se classificar e esse time mostrou isso na Champions League. Infelizmente, não vou poder jogar por conta do prazo de inscrição, mas estarei sempre na torcida e apoiando meus companheiros. Na liga nacional, espero contribuir com a equipe e ajudar a manter a sequência de títulos.”

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo