Botafogo é condenado a pagar auxiliares de ex-treinadores

Logo: MaisQueUmJogo - MQJ

MaisQueUmJogo - MQJ

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fmaisqueumjogo.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F05%2Ffernando-miranda.jpg&q=25&w=1080

O Botafogo tem convivido com muitos problemas financeiros. A cada dia, os alvinegros sofrem com os pedidos de penhora e as perdas de processo na Justiça.

Mais uma vez, o clube carioca perdeu processo na Justiça e foi condenado a pagar dois auxiliares de ex-técnicos. O Botafogo terá desembolsar R$ 230 mil a Fernando Miranda, que trabalhou com Alberto Valentim no alvinegro.

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=720&image=https%3A%2F%2Fmaisqueumjogo.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F05%2Ffernando-miranda.jpg&q=25&w=1080

Além dele, outro auxiliar que ganhou processo foi Alfredo Montesso. Ele trabalhou com Eduardo Barroca e deve receber R$ 60 mil.

O Botafogo também foi condenado a pagar R$ 40 mil a Luca, jogador que atuou nas categorias de base e atualmente está nos Estados Unidos.

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=707&image=https%3A%2F%2Fmaisqueumjogo.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F01%2FDurcesio-Mello-Botafogo-140121-405x265.jpg&q=25&w=1080

As constantes condenações fizeram o Botafogo anunciar a demissão de 90 funcionários, incluindo o fim do projeto de vôlei do clube.

Saiba mais sobre o veículo