Bonucci marca duas vezes de cabeça e Juventus bate Venezia em Turim | OneFootball

Bonucci marca duas vezes de cabeça e Juventus bate Venezia em Turim

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Bonucci roubou a cena no Allianz Stadium, em Turim, pela 35ª rodada da Serie A. Com gols marcados de cabeça no sétimo minuto do primeiro tempo e no minuto 31 do segundo tempo, consagrou a vitória da Juventus contra o Venezia, lanterninha do Campeonato Italiano. O capitão da Juve soube aproveitar os bons passes de Danilo e De Ligt e colocar a bola na rede.

No primeiro tempo, a Juventus foi intensa durante os 25 minutos iniciais em Turim. Alternou a forma de atacar algumas vezes, até os 10 minutos, muitas bolas lançadas procurando Vlahovic. A partir dos 16, uma equipe que circula mais lentamente a bola, trabalha pelo lado do campo, aciona os alas procurando o meio e tabela com os pontas e os atacantes, os cruzamentos na área foram a forma de entrada da Juve no último terço, porém geraram pouco perigo com a bola rolando.

Com a bola parada, além do primeiro gol de Bonucci no jogo, a Vecchia Signora conseguiu oferecer perigo outras vezes, o mesmo zagueiro cabeceou e uma bola resvalou na defesa do Venezia por cima da meta. A Juve soube aproveitar os momentos de insegurança do goleiro finlandês Niki Mäenpää. Após os 25 minutos, a equipe de Turim diminuiu o ritmo, controlou mais o jogo sem a bola e dificultou a entrada do Venezia em sua área, especialmente pelo lado direito com Bernadeschi, Zakaria e Danilo.

O Venezia teve muita dificuldade nos primeiros minutos. Ampadu, Ceccherini e Caldara tiveram responsabilidade de realizar a transição defesa – ataque por meio dos lançamentos, objetivando a segunda bola. Porém, Thomas Henry e Mattia Aramu quase não levaram vantagem sobre Danilo, Bonucci e De Ligt. Com a bola no pé, duas formas foram tentadas. Por meio da atração da Juventus para o campo defensivo dos lagunari, gerando espaço para Haps e Aremu atacarem o lado. Contudo, alguns avanços não evoluíram, já que a boa marcação realizada pela Juve no lado direito freava as intenções do Venezia.

Outro meio, foi a circulação de bola. Embora com boas intenções de correr rápido com a bola, as ações  não eram boas. A bola chegava aos lados do campo, e não progredia. Novamente a marcação dos alas, zagueiros e volantes davam uma boa sustentação para um controle de jogo por parte da Juventus. O Venezia chegou apenas uma vez com grande perigo, em cruzamento de Mateju e cabeçada de Henry próximo a meta de Szczęsny aos 22 minutos do primeiro tempo.

Saiba mais sobre o Futebol Italiano no Esporte News Mundo: Napoli goleia o Sassuolo e joga pressão nos líderes do Campeonato Italiano

Segundo tempo não é muito diferente quanto a intensidade. As duas equipes tiveram chances em contra-ataques. Vlahović foi útil, recebendo de costas, sustentando a pressão e acelerando os ataques através das conduções. A partir de um jogada com a participação do atacante sérvio, De Ligt finalizou para defesa de Mäenpää. Mas a melhor chance da Juventus até a metade do segundo tempo foi com Miretti, em chute bloqueado pela defesa do Venezia, após cruzamento de Rabiot.

Outros grandes momentos da partida foram com o Venezia tendo chances triplas com Aramu, o camisa 10 da equipe. Em cobrança de falta defendida por Szczęsny, aos 22 minutos, em cobrança de escanteio, e no minuto seguinte, dominou no peito e de primeira finalizou para mais uma defesa do goleiro polonês. Mas, aos 26 minutos não teve jeito, Aramu recebeu, e de fora da área finalizou no cantinho direito do gol e empatou a partida. No entanto, a vantagem dos venezianos não durou muito. Aos 31 minutos, no calcanhar de aquiles da equipe visitante, Bonucci novamente de cabeça marcou o 2 a 1 e sacramentou a vitória da Juve.

Siga o Esporte News Mundo nas redes: Facebook, Instagram e Twitter

Com a vitória, a Juventus está matematicamente classificada na próxima UEFA Champions League. O Venezia, no entanto, tem uma situação complicada. Caso perca a próxima partida contra o Bologna pode estar oficialmente rebaixado para a Serie B. Basta o Cagliari vencer a Salernitana, em Salerno.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo