Bayern consulta Ajax por Antony, mas transferência ainda é improvável

Logo: Stats Perform

Stats Perform

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fimages.performgroup.com%2Fdi%2Flibrary%2Fdazneditorialimages%2F41%2Fb2%2Fantony-bayern_antony_bayern_h71aj8sj8mf01nd4moovxn27y.png%3Ft%3D-583090838&q=25&w=1080

O Bayern de Munique está em contato com o Ajax sobre uma possível contratação do atacante brasileiro Antony, de 21 anos. A informação foi confirmada pela Goal e SPOX. No entanto, neste momento é improvável que uma transferência realmente ocorra.

O foco do Bayern de Munique na janela de transferências deste verão europeu é reforçar duas posições específicas: lateral direita e meio-campo. Contratar um ponta, que, como Antony, custaria cerca de 35 milhões de euros (R$ 214 milhões), não é uma prioridade do time bávaro.

Isso só mudaria se Kingsley Coman deixasse o time alemão nesta janela. No entanto, o contrato do atacante francês vai até 2023, razão pela qual o Bayern não precisa vendê-lo em face de uma saída iminente de graça. Recentemente, o nome do jogador foi especulado no Chelsea, como informou o L'Equipe.

Hasan Salihamidzic e Oliver Kahn, os dois homens fortes do futebol do Bayern, estão exigindo cerca de 80 milhões de euros (R$ 490 milhões) por Coman. A quantia é considerada muito alta para os atuais padrões do futebol, com as finanças dos clubes impactadas diretamente pela pandemia de Covid-19.

Com a improvável saída de Coman, a contratação de Antony por parte do Bayern também é improvável. O jogador está a apenas uma temporada no time holandês e rapidamente conquistou seu espaço no time campeão nacional. O atacante está com a seleção brasileira na disputa do futebol masculino na Olimpíada de Tóquio 2020.

Quem assiste de longe as negociações é o São Paulo. Em crise financeira, uma possível venda de Antony significaria mais dinheiro em caixa para o Tricolor Paulista. Se Antony for vendido, independente do destino do jogador, o time do Morumbi teria direito a uma porcentagem acertada na época da venda e mais outra pelo mecanismo de solidariedade da Fifa.