Barbieri fala de covid-19 e falta de equilíbrio em momentos importantes após eliminação de Red Bull Bragantino na Libertadores | OneFootball

Barbieri fala de covid-19 e falta de equilíbrio em momentos importantes após eliminação de Red Bull Bragantino na Libertadores

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Na noite desta terça-feira (24), o Red Bull Bragantino perdeu para a equipe do Nacional, no Estádio Gran Parque Central, em Montevidéu, pela última rodada da Copa Libertadores e foi eliminado da competição. Em campo os gols foram marcados por: Trezza, Cándido e Fágundez.

Após a bola parar de rolar em Montevidéu, o treinador Mauricio Barbieri, falou sobre a eliminação e a derrota em campo.

“O sentimento é de frustração. Não menosprezando a qualidade dos adversários, mas podíamos ir mais longe. Conversei com os jogadores agora no vestiário. É um sentimento ruim, de mágoa, sentimento triste. Experiência que não é agradável. Nem todas as experiências são agradáveis. Muitas são necessárias e todas têm valor. Sei que é difícil para o torcedor entender isso, ele é emoção, estão chateados, como nós. Temos que usar para crescer, fortalecer e voltando mais forte” afirmou.

Siga o Esporte News Mundo no InstagramTwitterFacebook e Youtube.

Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

Mais especificamente sobre a derrota, o técnico apontou que o adversário fez o jogo planejado e conseguiu se sair bem nisso.

“Acho que o Nacional conseguiu fazer o jogo dele, de esperar mais, marcar fechado e sair nos contra-golpes. A partir do momento que fizeram os dois gols, ficaram confortáveis, somente se defendendo. Não fomos eficientes nos cruzamentos, nas boas decisões na bola final. A gente tentou de tudo. Tentamos uma série de coisa, mas tem coisas que não conseguimos fazer a diferença. Parabéns ao Nacional. Hoje foi o dia deles. A nós, é trabalhar mais e voltar mais forte”, comentou o treinador.

Um dos fatores da eliminação apontado pelo técnico é a falta de equilíbrio em momentos importantes.

“Eu acho que fundamentalmente o que faltou nessa fase de grupos foi, essencialmente, equilíbrio para a gente. Em momentos importantes das partidas, a gente acabou perdendo o equilíbrio e tomando gols que a gente poderia evitar”, afirmou Barbieri em coletiva de imprensa.

Um outro ponto que ele mencionou e disse justificando a eliminação foi que a equipe contou com muitas ausências.

“Eu não quero que as ausências sirvam como desculpa, mas é importante lembrar que a gente teve uma série de ausências nos últimos seis jogos. Eu fiquei fora por Covid-19. O Léo Ortiz ficou fora por Covid-19. Hoje, o Raul, o Aderlan e o Luan Cândido estavam fora por Covid-19. Que jogador os adversários perderam por Covid-19? Uma situação que eu não controlo, não tenho como fazer nada. A gente perdeu uma série de jogadores por Covid-19, por lesão, por uma série de questões. Hoje a gente tinha a ausência de outros jogadores. Eles fazem falta. Isso não é uma desculpa para o resultado”, destacou o treinador do Bragantino.

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo