Bahia volta a dar vexame em casa e perde para o Sport por 1 a 0

Logo: ecbahia.com

ecbahia.com

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fwww.ecbahia.com%2Fimgs%2Frfm_upload%2Fgilberto225.jpg&q=25&w=1080

A maré de derrotas do Bahia continua. Desta vez, a equipe tricolor comandada por Dado Cavalcanti recebeu a visita do Sport e perdeu por 1 a 0, em Pituaçu.

A derrota deixa o Bahia em 10º lugar na classificação geral da Série A. O próximo jogo será pela Copa do Brasil, contra o Atlético Mineiro, pela Copa do Brasil, na quarta-feira (04).

O JOGO

Pressionado pelas quatro derrotas seguidas, o Bahia iniciou a partida com uma postura agressiva em busca do gol. E quase conseguiu abrir o placar cedo. Nos primeiros três minutos de bola rolando, Gilberto teve duas oportunidades de abrir o placar.

Em resposta, o Sport também deu trabalho nos primeiros momentos da partida, com finalizações aos oito e aos 11 minutos. No segundo lance, Danilo Fernandes espalmou uma bola perigosa.

A primeira etapa foi marcada por um jogo ofensivo por parte de ambos os times, com um total de 17 finalizações em apenas 45 minutos. Dez deles foram feitas pelo Bahia, que chegou perto de abrir o placar em outras oportunidades.

Aos 21 minutos, Daniel aproveitou rebote de um cruzamento feito por Nino e chutou, mas a bola raspou o travessão.

Pelo lado do adversário, Paulinho Moccelin teve a melhor oportunidade ao acertar a trave tricolor em chute aos 29 minutos.

Antes do intervalo, o goleiro Mailson salvou o que seria gol tricolor em uma finalização feita por Gilberto na pequena área.

SEGUNDO TEMPO

No retorno para a segunda etapa, o Sport seguia buscando aproveitar espaços deixados na defesa tricolor para emplacar contra-golpes, o que quase aconteceu já nos primeiros minutos.

Pelo lado do Bahia, Rossi perdeu uma grande chance de abrir o placar aos sete minutos. Na ocasião, Luiz Otávio deu uma assistência de cabeça para o atacante, que finalizou de frente para o gol, mas errou o alvo.

Com maior tempo de posse de bola na etapa final, o Esquadrão conseguia pressionar o adversário e, com isso, aparecia com frequência em condições de balançar as redes. Conti, aos 13 minutos, perdeu uma grande chance, na pequena área, ao finalizar por cima do travessão após um escanteio.

Apesar do início promissor no segundo tempo, o Bahia permitiu que o Sport retornasse para o jogo, equilibrando as ações e diminuindo o ímpeto ofensivo tricolor.

Pouco a pouco, o time pernambucano foi assumindo o controle das ações ofensivas, aproveitando espaços deixados pelo Esquadrão. No fim do jogo, a equipe adversária não perdoou e definiu o placar.

Aos 43 minutos, Mikael apareceu livre na grande área e cabeceou para confirmar a derrota tricolor por 1 a 0.

Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo