Avaí/Kindermann se despede do Brasileirão Feminino com vitória e treinadora celebra ‘atitude’ | OneFootball

Avaí/Kindermann se despede do Brasileirão Feminino com vitória e treinadora celebra ‘atitude’

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

O Avaí/Kindermann ficou muito próximo de conquistar uma vaga na próxima fase do Campeonato Brasileiro Feminino. Porém, por conta de 1 ponto, acabou encerrando sua participação ainda na primeira fase, na 10ª colocação, com 20 tentos conquistados. O Grêmio foi o último a se classificar para as quartas-de-final, na 8ª colocação, com 21.

Apesar de não ter avançado, o Avaí/Kindermann finalizou sua presença na competição deixando uma ótima impressão. Neste último domingo, a equipe venceu o Internacional por 2×1 e quebrou a longa sequência de invencibilidade das gaúchas, que já duravam 10 partidas. Após ter a campanha carimbada pelas Leoas da Ilha, as coloradas se classificaram em 3º lugar, como uma das favoritas ao título.

Ciente da dificuldade que seria vencer uma das grandes equipes do torneio, a treinadora Carine Bosetti ressaltou o poder de luta e concentração de suas atletas:

“entramos em campo para fazer nossa parte e buscar a classificação, o que era possível. Fizemos nosso melhor e vencemos, isso mostra a força das meninas, tivemos atitudes e impusemos nosso jogo. Infelizmente por outros resultados não seguimos à diante, mas conquistamos o objetivo fundamental que era a permanência na 1ª divisão. Isso nos permite vislumbrar um planejamento melhor e mais ambicioso para o ano que vem”, completa.

Para saber tudo sobre o Campeonato Brasileiro Feminino, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

O presidente do Avaí/Kindermann, Edison Roberto, também avalia como muito positiva a campanha da equipe e comemora o objetivo conquistado: “Desde que assumimos o time feminino, entramos em consenso que precisávamos manter a equipe na Série A. Todo o trabalho foi feito com base nisso, montamos um time muito jovem e que respondeu muito bem durante a competição, até dando novas perspectivas durante a disputa. Então ficamos muito felizes e agredecemos também a torcida que nos abraçou”, finaliza.

A campanha do Avaí/Kindermann fica marcada também pela boa atuação da meia paraguaia Sandoval, que, com 8 gols, encerrou a primeira parte do campeonato como a 3ª maior goleadora. “Estou mais que feliz e muito agradecida por poder fazer parte deste time. Me deram tudo, foi o melhor ano da minha carreira, fico muito feliz de conquistar tudo isso após o apoio do Avaí/Kindermann e da torcida. Dói um pouco não termos classificado, porque era algo que queríamos, mas tenho certeza que ano que vem conseguiremos conquistar esse objetivo”.

O time feminino do Avaí passou a ser totalmente gerido pelo clube no início deste ano, com a eleição do presidente Júlio César Heerdt e sua chapa. Assim como na equipe masculina, a ideia da nova gestão é revitalizar o futebol feminino, modernizar seus departamentos e projetar avanços esportivos significados para as próximas temporadas.

Saiba mais sobre o veículo