Atuações ENM: Fortaleza dá vexame coletivo em pior atuação da temporada; veja notas | OneFootball

Atuações ENM: Fortaleza dá vexame coletivo em pior atuação da temporada; veja notas

Logo: Esporte News Mundo

Esporte News Mundo

Na noite desta quarta-feira (20), o Fortaleza foi até o Mineirão para enfrentar o Atlético-MG pela primeira partida das semifinais da Copa do Brasil 2021. Como resultado do confronto, derrota do time cearense pelo placar de 4×0. Em uma atuação irreconhecível, o Leão foi atropelado pelo Galo, que marcou com Guilherme Arana, Réver, Hulk e Zaracho, e se complicou de vez na busca por uma vaga na final da competição nacional.

O primeiro tempo mostrou um Fortaleza apático após os primeiros cinco minutos. Disperso, o Leão deu azar e, em chute desviado de Guilherme Arana de fora da área, sofreu um belo gol do Atlético-MG. No entanto, poucos minutos depois, em mais um lance de bastante desatenção, sofreu mais um tento mineiro. Desta vez, Réver subiu no meio de quatro defensores tricolores, cabeceou para o gol, Felipe Alves aceitou e o Galo ampliou. Nos últimos minutos da primeira etapa, os donos da casa fizeram bela jogada trabalhada e chegaram ao terceiro gol no Fortaleza, que já passava por um duro vexame.

Na segunda etapa, quando esperava-se que os visitantes viriam para cima para tentar diminuir, teve-se outra resposta. Em outro lance de falha de Felipe Alves, que, sozinho, espalmou um cruzamento para frente, Zaracho encobriu o arqueiro leonino e marcou o quarto do Galo no confronto. Durante o restante da partida, o Atlético-MG apenas administrou o placar e confirmou o grande vexame do Fortaleza, que não tinha forças para atacar o adversário.

+ Para saber tudo do Fortaleza, siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagramFacebookYouTube!

DESTAQUES NEGATIVOS

Felipe Alves: Bastante inseguro na meta leonina nos últimos jogos, Felipe Alves contribuiu para o vexame histórico do Fortaleza com mais uma má atuação, falhando em pelo menos dois dos quatro gols do Atlético-MG.

Daniel Guedes: Escalado de última hora no lugar de Tinga, lesionado, o lateral-direito fez péssima partida e demonstrou estar completamente perdido em campo, prejudicando o Fortaleza no setor defensivo.

Titi: Único zagueiro titular do Fortaleza presente no duelo diante do Atlético-MG, Titi também não fez boa partida, sendo exposto pelo ataque atleticano em diversas oportunidades.

Matheus Jussa: Completando o trio na zaga do Fortaleza, Matheus Jussa, que joga a Copa do Brasil no lugar de Marcelo Benevenuto, também teve desempenho terrível, contribuindo muito para o placar elástico estabelecido pelo Atlético-MG, que poderia, inclusive, ter ampliado ainda mais o marcador.

Robson: Mais uma vez, Robson teve uma participação pífia no ataque do Fortaleza. O atleta não tem uma boa atuação sequer há bastante tempo e, diante do Atlético-MG, não foi diferente, dificultando a vida ofensiva do Leão do Pici.

NOTAS

  • Felipe Alves: 1.0;
  • Daniel Guedes: 1.0;
  • Titi: 1.5;
  • Matheus Jussa: 1.0;
  • Yago Pikachu: 4.5;
  • Felipe: 3.0;
  • Éderson: 3.0;
  • Lucas Crispim: 4.0;
  • Matheus Vargas: 4.5;
  • Romarinho: 4.5;
  • Robson: 1.5;
  • Henríquez: 2.0;
  • Ronald: 3.5;
  • Bruno Melo: 3.5;
  • Depietri: 4.5;
  • Edinho: N/A.
Mencionados neste artigo
Saiba mais sobre o veículo