Atraso de salários de atletas e comissão técnica no Atlético irrita Sampaoli, que segue cobrando reforços

Logo: Deus me Dibre

Deus me Dibre

Imagem do artigo: Atraso de salários de atletas e comissão técnica no Atlético irrita Sampaoli, que segue cobrando reforços

FOTO: BRUNO CANTINI / ATLÉTICO

O Atlético vive um momento conturbado nos bastidores. Após vazar o acerto prévio do clube com o meia Thiago Neves, ex-Cruzeiro, que gerou revolta e indignação da torcida e acabou fazendo com que o negócio fosse desfeito, a notícia de salários atrasados, inicialmente dado pelo apresentador Héverton Guimarães (98FM e TV Band) pode gerar consequências desastrosas para a equipe no andamento da competição. Isso porque, de acordo com a notícia, a insatisfação de Sampaoli com o atrasos pode causar até mesmo a saída antecipada do técnico do Atlético. A informação, confirmada pela reportagem do DMD, aponta que o clube está com dois meses de salários atrasados entre jogadores e comissão técnica.

Sampaoli tem em seu contrato uma cláusula que determina uma redução de 50% em sua multa rescisória em dezembro deste ano – podendo assim se desligar do clube sem grandes complicações. O desconforto com a situação dos salários é bem maior que a da negativa da contratação do meia Thiago Neves. Segundo apuração, Jorge Sampaoli entendeu que a situação do meia ex-Cruzeiro vai além de um simples reforço em campo – entretanto, o técnico segue cobrando novas contratações para o setor de criação do time.

Após a notícia do atraso de salários, o diretor de futebol do Atlético, Alexandre Mattos, deu uma entrevista à rádio Itatiaia e falou sobre a situação financeira do clube e o posicionamento do técnico Jorge Sampaoli:

“O Atlético vive uma situação financeira delicadíssima, isso não é segredo para ninguém. Com a pandemia, isso ‘otimizou’ e ficou mais difícil ainda. O Sampaoli veio para cá, o que também não é segredo, com algumas situações definidas de salário em dia, de possibilidade de montar elenco forte para tentar títulos. Isso tudo nós estamos conseguindo fazer com um esforço hercúleo. O Atlético tem uma proximidade desses vencimentos em dia. O Sampaoli tem contrato, vai cumprir o contrato. Vamos tentar ser campeões. Lá no futuro, a gente precisa alinhar algumas coisas em conjunto e, aí sim, definir as situações. Qualquer profissional tem o direito de sair ou de ficar onde está. Ele tem contrato exatamente por isso.”

O Atlético deve voltar a tentar reforçar seu elenco apenas na abertura da próxima janela de contratações internacionais, a partir de 13 de outubro, uma vez que as opções no futebol brasileiro estão escassas e com os bons jogadores dos clubes da série A completando 7 jogos no Campeonato Brasileiro.

Opinião: Sampaoli é um treinador muito exigente e cobra muito da diretoria. O clima nos bastidores nem sempre é de tranquilidade, mas a atual diretoria tem feito um esforço absurdo para atender os desejos do treinador, tanto é que chegaram a aceitar a contratação de Thiago Neves. Mas os reforços deverão chegar apenas em outubro na janela de transferências internacionais, pois está muito difícil encontrar soluções no futebol brasileiro. E o treinador está correto em cobrar o acerto dos vencimentos, pois quer todo o grupo 100% focado na briga pelo título do Brasileirão.