Atrás de reforços, Fluminense entra na semana final de inscrição para as oitavas da Libertadores

Logo: Mercado do Futebol

Mercado do Futebol

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/crop/face?h=810&image=https%3A%2F%2Fmercadodofutebol.com%2Fwp-content%2Fuploads%2F2021%2F07%2F53C1FD7A-83FA-4DFA-A1DD-AFC0D3052019.jpeg&q=25&w=1080

A Libertadores bate à porta. Depois de se classificar em primeiro lugar no grupo da morte, à frente do badalado River Plate, da Argentina, o Fluminense mantém o sonho do título inédito e inicia a fase mata-mata na próxima terça-feira, contra o Cerro Porteño no Paraguai.

E o que a torcida mais se pergunta é: vão chegar reforços? A diretoria ainda segue mapeando o mercado, mas o tempo é curto.

O regulamento da Libertadores permite a inscrição de até cinco novos jogadores para as oitavas de final, substituindo outros cinco na lista de 50 nomes enviada para a Conmebol antes da fase de grupos.

Porém, o prazo termina 72 horas antes do início do mata-mata, que começa às 19h15 (de Brasília) do próximo dia 13. Com isso, as inscrições para todos os clubes terminam sábado à noite.

Em caso de alguma contratação não der tempo de ser regularizada, o clube poderá utilizar até cinco inscrições provisórias, ganhando um tempo a mais para regularizar o reforço até a véspera da partida (Fluminense fez isso com Bobadilla, por exemplo, na fase de grupos).

Quem não conseguir contratar reforços agora, depois dessa semana só poderá substituir três nomes para as quartas de final.

O Fluminense segue em busca de opções, e o principal alvo da diretoria é a posição de volante. O clube chegou a fazer proposta por Ronaldo, ex-Flamengo, mas ele preferiu ir para o Shimizu, do Japão.

Um nome para o setor ofensivo também pode chegar às Laranjeiras, e a comissão técnica estuda aproveitar o lateral-esquerdo Marlon, que estava emprestado ao Trabzonspor, da Turquia. 

Em entrevista ao site “GE”, o presidente Mário Bittencourt previu de dois a três reforços:

– Tem (espaço no orçamento), a gente está avaliando, mas dentro das nossas condições. O Roger quer um volantão ali e trabalhou com ele (Ronaldo) no Bahia. Foi um pedido do Roger, porque a leitura dele é que tanto o Martinelli quanto o Yago são dois volantes que saem para jogar. No momento não tem nenhum (negociando), mas a gente deve fazer mais duas a três contratações para as oitavas.

Saiba mais sobre o veículo