Atleta do Grêmio é elogiado por profissionalismo, mas nunca joga | OneFootball

Atleta do Grêmio é elogiado por profissionalismo, mas nunca joga

Logo: Portal do Gremista

Portal do Gremista

O meia Everton Cardoso é elogiado por seu profissionalismo no Grêmio. Mesmo com apenas sete jogos na temporada 2021, ele treinava normalmente e se dedicava. Ainda assim, foi afastado do grupo, na barca de sete nomes que não fazem mais parte dos planos.

Ele ganha nada menos do que R$ 500 mil por mês e não faz nada menos do que sua obrigação ao ser profissional. Este jogador não pediu férias antecipadas, mas também não deverá permanecer no clube no ano que vem, o problema é achar alguém que pague este valor.

Para rescindir com ele a direção teria que pagar cerca de R$ 6,5 milhões, valor que poderia ser negociado para baixar a pedida. Além disso, é possível parcelar o total, para que o custo da dispensa não atrapalhe o cofre do time na próxima temporada.

Ele não joga desde o dia 13 de outubro, quando teve 22 minutos em campo contra o Fortaleza, naquele período de transição entre Felipão e Vagner Mancini. Aliás, o jogador chegou a emendar uma sequência de jogos consecutivos com Scolari. Com Mancini, ficou no banco contra o Juventude, na estreia, e nunca mais.

Everton foi um dos tantos negócios do Grêmio que deu errado

Trocado pelo atacante Luciano, que foi artilheiro do Brasileirão 2020 pelo São Paulo, Everton Cardoso nunca se firmou no Grêmio. Nem agradou a torcida ou os técnicos que passaram pelo clube.

O casamento entre as partes ainda dura até o fim do ano que vem, mas o divórcio deve antecipar o fim da relação. Um jogador profissional é importante, mas apenas isso não faz dele uma boa opção para o time.

Aliás, é isso que falta em Jean Pyerre, outro dos dispensados.

Enfim, gostou da notícia?

Então, se inscreva no YouTube e nos siga em nossas redes sociais como o TikTok, Twitter, o Instagram e o Facebook. Assim, você poderá acompanhar todas as notícias sobre o nosso Imortal Tricolor.

Imagem: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo