Até chegarmos a um ponto onde não sobrarão ídolos ou então, não sobrará clube | OneFootball

Até chegarmos a um ponto onde não sobrarão ídolos ou então, não sobrará clube

Logo: SPFC 24 Horas

SPFC 24 Horas

A amostra de Casares está aí, segundo @Kevinmendes: “há controle de narrativa, discurso favorável a coisas ruins, ST defasado, empréstimos absurdamente aprovados, cotas de TV adiantadas, venda de promessas para tapar rombos, entrega de cargos para abnegados inaptos, incapacidade de gerar renda, falta de blindagem ao elenco… Tratar o paulistão como Copa do Mundo e depois demitir o treinador que conquistou a “Copa do Mundo” após os atletas estarem destruídos fisicamente, falta de transparência, péssima gestão do caso Daniel Alves e o “maior patrocínio da história”.” #SeparaSãoPaulo

E aí os diretores e comparsas querem ” dar uma de brasileiro esperrrto”, virar a mesa e as regras do jogo, dar mais poder a esses indolentes conselheiros e mais poder ao presidente reelegendo-o.

Viva o Ego, abaixo o clube”.

Seguem rumo a transformar o clube em uma história da carochinha: ” Era uma vez, há muito, muito tempo, um clube que era grande, chamado São Paulo…”.

Se fora das 4 linhas, caminhamos a passos largos para nós apequenarmos, dentro Casares se superou. Conseguiu em uma cajadada só matar não só os coelhos; mas “jogou fora o técnico da copa do mundo” e está “queimando a imagem daquele que pode ter sido o maior ídolo do clube”.

Análise errada -mais uma – da diretoria.

Está certo que o presidente deu para o “insuficiente mental” Rogério Ceni o isqueiro e o álcool…

Esse time não tem respeito nem pelo clube nem pelos torcedores. Mais uma vergonha para a coleção.

Perder faz parte, perder sem reagir é insuperável e insuportável.

A arrogância de dizer que arrumou o time para o Benítez jogar…

A invencionice em uma época que tem que fazer o simples, de colocar Sara como lateral ou ala direito…

Isso depois da invenção contra o Flamengo, onde colocou um jogador que há muito não jogava, Diego Costa, como lateral direito…

A teimosia de jogar sem um volante de marcação, deixando Neves no banco… Até ressuscitou Vitor Bueno e Pablo…

Tudo isso mostrou que você, Rogério Ceni – meu maior ídolo como jogador – não está pronto para treinar um clube grande.

Será que os jogadores entenderam o esquema” maluco” do técnico?

Porque pareciam perdidos sem saber o que fazer…

Como diz o ótimo @jozanovalis, as vezes são vilões (pela falta de vontade) e vítimas (do esquema) ao mesmo tempo.

Os jogadores sem saber o que fazer, não vão render.

Na medida em que Igor Gomes, um jogador esforçado mas mediano, é titular inquestionável de Ceni, vê-se que a coisa está muito mal parada. Expor jogador em coletiva, mostra que o técnico “não honra as calças que veste”.

Decepcionante a atitude.

Fácil entender porque foi “expulso” do Cruzeiro.

Não assumir a culpa pelos erros crassos táticos é mais do que decepcionante, é mais que desonroso, é preocupante saber que um indivíduo assim será o responsável por montar o novo time do SPFC para 2022.

A conclusão é que se não fizer um “mea culpa”, uma autocrítica sincera e esclarecedora não chegará a lugar algum.

E teremos mais um ídolo queimado na fogueira das vaidades dos presidentes recentes do clube.

Até chegarmos a um ponto onde não sobrarão ídolos ou então, não sobrará clube.

Leia também

Opa! Parece que a voz da torcida está fazendo efeito…

Mencionados neste artigo

Saiba mais sobre o veículo